Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Abre e fecha na Câmara de S.Bernardo


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

14/09/2017 | 07:00


O aviso da manifestação do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) em frente ao Paço de São Bernardo fez com que o presidente da Câmara, Pery Cartola (PSDB), dispensasse os funcionários às 14h. O tucano alegou que poderia haver prejuízo à ordem pública e risco a servidores, vereadores e munícipes que acompanhavam a sessão pela manhã. Foi criticado num primeiro momento pela atitude. Um vereador disse que a Casa do povo deveria abrir as portas para as demandas populares. Mas, quando começaram a chegar os manifestantes – cerca de 2.500, segundo contas dos organizadores –, os mesmos críticos decidiram classificar como acertada a decisão do presidente do Legislativo.

BASTIDORES

Inseparáveis – 1
Ex-prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT) assegurou que nada abala sua amizade e parceria política com o deputado estadual Luiz Turco (PT), embora o material de prestação de contas do parlamentar tenha esquecido de citá-lo. “Tenho uma amizade com o Luiz Turco desde 1982. Quem quiser nos afastar vai perder tempo. Não tenho nenhuma rusga e, aliás, já declaro que o Luiz Turco é meu candidato a deputado estadual no ano que vem”, sentenciou. Sobre o fato de ter ficado fora da peça, preterido por nomes como Luiz Marinho (PT), Gleisi Hoffmann (PT) e Lula (PT), Grana voltou a amenizar. “Achei o material adequado. Não sou candidato no ano que vem. O Luiz Turco destacou a presidente nacional do PT (Gleisi), o futuro candidato do partido à Presidência da República (Lula) e o candidato a governador de São Paulo (Marinho). Fez o certo.”

Inseparáveis – 2
Ainda falando no cenário eleitoral do ano que vem, Carlos Grana, hoje coordenador da Macro PT ABC, vê com bons olhos a possível candidatura a deputado federal do hoje vereador andreense Eduardo Leite (PT). “Se o Eduardo sair candidato, vou apoiá-lo integralmente. Precisamos de lideranças novas. Só que acho também que teremos de esperar como será a regra do jogo para o ano que vem.” O PT de Santo André deve mesmo apostar na dobrada Eduardo Leite a federal e Luiz Turco a estadual.

Recado
Vereador de segundo mandato em Santo André, Luiz Alberto (PT) admitiu a possibilidade de não apoiar nomes do PT da cidade para deputado estadual ou deputado federal. Mostra que a bancada petista na cidade anda dividida até mesmo com relação às adesões eleitorais para 2018. “Não tive nenhuma conversa ainda com eles (Luiz Turco, estadual, e Eduardo Leite, federal). Ainda vou discutir no meu grupo. Não precisa necessariamente ser de Santo André para trazer recursos para a cidade.”

Água Santa na eleição
Depois de emplacar seu vice-presidente Revelino Teixeira, o Pretinho (DEM), como vereador de Diadema, o Água Santa agora se prepara para participar ativamente da eleição no ano que vem. A ideia é lançar o presidente do clube, Paulo Sirquera (DEM), como candidato a deputado estadual.

Debate retomado
Circula uma aposta na Câmara de Santo André e na Prefeitura que até o fim deste mês o presidente da Casa, Almir Cicote (PSB), assumirá uma secretaria no governo de Paulo Serra (PSDB). Só falta bater o martelo com relação à Pasta. No mês passado, tudo estava encaminhado para que Cicote virasse titular do setor de Governo no Paço, mas entrevero com a secretária de Saúde, Ana Paula Peña Dias, adiou esse debate.

Sindserv andreense
Terminou ontem a votação para o comando do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) de Santo André. Quatro chapas estão inscritas – Carlos Pavan, Roberto da Silva, Douglas Garcia e Durval Silva –, mas a apuração não terminou até o fechamento desta edição. Entre os concorrentes, há expectativa de ser necessária a realização de um segundo turno, agendado para os dias 28, 29 e 30 de setembro. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abre e fecha na Câmara de S.Bernardo

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

14/09/2017 | 07:00


O aviso da manifestação do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) em frente ao Paço de São Bernardo fez com que o presidente da Câmara, Pery Cartola (PSDB), dispensasse os funcionários às 14h. O tucano alegou que poderia haver prejuízo à ordem pública e risco a servidores, vereadores e munícipes que acompanhavam a sessão pela manhã. Foi criticado num primeiro momento pela atitude. Um vereador disse que a Casa do povo deveria abrir as portas para as demandas populares. Mas, quando começaram a chegar os manifestantes – cerca de 2.500, segundo contas dos organizadores –, os mesmos críticos decidiram classificar como acertada a decisão do presidente do Legislativo.

BASTIDORES

Inseparáveis – 1
Ex-prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT) assegurou que nada abala sua amizade e parceria política com o deputado estadual Luiz Turco (PT), embora o material de prestação de contas do parlamentar tenha esquecido de citá-lo. “Tenho uma amizade com o Luiz Turco desde 1982. Quem quiser nos afastar vai perder tempo. Não tenho nenhuma rusga e, aliás, já declaro que o Luiz Turco é meu candidato a deputado estadual no ano que vem”, sentenciou. Sobre o fato de ter ficado fora da peça, preterido por nomes como Luiz Marinho (PT), Gleisi Hoffmann (PT) e Lula (PT), Grana voltou a amenizar. “Achei o material adequado. Não sou candidato no ano que vem. O Luiz Turco destacou a presidente nacional do PT (Gleisi), o futuro candidato do partido à Presidência da República (Lula) e o candidato a governador de São Paulo (Marinho). Fez o certo.”

Inseparáveis – 2
Ainda falando no cenário eleitoral do ano que vem, Carlos Grana, hoje coordenador da Macro PT ABC, vê com bons olhos a possível candidatura a deputado federal do hoje vereador andreense Eduardo Leite (PT). “Se o Eduardo sair candidato, vou apoiá-lo integralmente. Precisamos de lideranças novas. Só que acho também que teremos de esperar como será a regra do jogo para o ano que vem.” O PT de Santo André deve mesmo apostar na dobrada Eduardo Leite a federal e Luiz Turco a estadual.

Recado
Vereador de segundo mandato em Santo André, Luiz Alberto (PT) admitiu a possibilidade de não apoiar nomes do PT da cidade para deputado estadual ou deputado federal. Mostra que a bancada petista na cidade anda dividida até mesmo com relação às adesões eleitorais para 2018. “Não tive nenhuma conversa ainda com eles (Luiz Turco, estadual, e Eduardo Leite, federal). Ainda vou discutir no meu grupo. Não precisa necessariamente ser de Santo André para trazer recursos para a cidade.”

Água Santa na eleição
Depois de emplacar seu vice-presidente Revelino Teixeira, o Pretinho (DEM), como vereador de Diadema, o Água Santa agora se prepara para participar ativamente da eleição no ano que vem. A ideia é lançar o presidente do clube, Paulo Sirquera (DEM), como candidato a deputado estadual.

Debate retomado
Circula uma aposta na Câmara de Santo André e na Prefeitura que até o fim deste mês o presidente da Casa, Almir Cicote (PSB), assumirá uma secretaria no governo de Paulo Serra (PSDB). Só falta bater o martelo com relação à Pasta. No mês passado, tudo estava encaminhado para que Cicote virasse titular do setor de Governo no Paço, mas entrevero com a secretária de Saúde, Ana Paula Peña Dias, adiou esse debate.

Sindserv andreense
Terminou ontem a votação para o comando do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) de Santo André. Quatro chapas estão inscritas – Carlos Pavan, Roberto da Silva, Douglas Garcia e Durval Silva –, mas a apuração não terminou até o fechamento desta edição. Entre os concorrentes, há expectativa de ser necessária a realização de um segundo turno, agendado para os dias 28, 29 e 30 de setembro. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;