Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jadel Gregório migra ao taekwondo

Ex-recordista sul-americano no salto triplo, veterano vai se arriscar em outra modalidade


Anderson Fattori

10/10/2016 | 07:00


A imagem de Jadel Gregório batendo palmas e pedindo o incentivo do torcedor nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, ficou para a história. Em casa, ele se saiu muito bem e conquistou a medalha de ouro, no Estádio do Engenhão. Agora, o fã brasileiro vai ter de se acostumar a ver o ex-atleta do salto triplo em modalidade bem diferente: o taekwondo.

Atualmente ocupando o cargo de secretário-adjunto de Esporte, Lazer e Juventude do governo do Estado, o veterano de 36 anos planeja recomeço no esporte, mesmo aos 38 anos. Em entrevista exclusiva ao Diário, Jadel conta que já treina taekwondo para tentar disputar os Jogos Regionais e Abertos em 2017.

“Decidi nas últimas semanas. Vou treinar para tentar qualificar para os Jogos Regionais no taekwondo. Depois, na sequência, tentar disputar os Jogos Abertos. Saí completamente do atletismo e já comecei a fazer o preparo físico para o taekwondo há um mês”, explicou Jadel.

Por enquanto, os planos são modestos e ele ainda não tem um município definido para representar. Quando era atleta do salto triplo, o veterano defendeu São Bernardo – local onde se despediu do atletismo, em junho, após o GP Brasil. “Não tenho nada em mente, apenas quero treinar para entrar nos Regionais e nos Abertos. Quando estiver mais próximo das competições eu vou procurar alguma cidade que me dê suporte e estrutura para poder competir”, explicou.

Com 2,02 m de altura, Jadel Gregório vai entrar na categoria mais pesada do taekwondo, para atletas com mais de 80 quilos. Atualmente ele pesa 104 quilos e terá de se preparar fisicamente para um esporte de contato, diferente do salto triplo. “Estou treinando com alguns amigos, por conta mesmo, no (Parque do) Ibirapuera (em São Paulo)”, disse.

A carreira de Jadel no salto triplo foi recheada de grandes momentos. Ele é dono de três medalhas de prata em campeonatos mundiais, sendo duas em competições indoor (Budapeste-2004 e Moscou-2006) e uma ao ar livre (Osaka-2007). Em Jogos Pan-Americanos, além do ouro conquistado no Rio de Janeiro, em 2007, ele também tem uma prata, conseguida em Santo Domingo-2003.

Um dos momentos mais marcantes da sua carreira foi em maio de 2007, quando quebrou o recorde brasileiro e sul-americano do salto triplo ao registrar 17,90 m e superar em um centímetro a marca de João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, que em 1975, nos Jogos Pan-Americanos da Cidade do México, alcançou 17,89 m. Esse salto, aliás, tornou Jadel o sexto melhor atleta da história na época. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jadel Gregório migra ao taekwondo

Ex-recordista sul-americano no salto triplo, veterano vai se arriscar em outra modalidade

Anderson Fattori

10/10/2016 | 07:00


A imagem de Jadel Gregório batendo palmas e pedindo o incentivo do torcedor nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, ficou para a história. Em casa, ele se saiu muito bem e conquistou a medalha de ouro, no Estádio do Engenhão. Agora, o fã brasileiro vai ter de se acostumar a ver o ex-atleta do salto triplo em modalidade bem diferente: o taekwondo.

Atualmente ocupando o cargo de secretário-adjunto de Esporte, Lazer e Juventude do governo do Estado, o veterano de 36 anos planeja recomeço no esporte, mesmo aos 38 anos. Em entrevista exclusiva ao Diário, Jadel conta que já treina taekwondo para tentar disputar os Jogos Regionais e Abertos em 2017.

“Decidi nas últimas semanas. Vou treinar para tentar qualificar para os Jogos Regionais no taekwondo. Depois, na sequência, tentar disputar os Jogos Abertos. Saí completamente do atletismo e já comecei a fazer o preparo físico para o taekwondo há um mês”, explicou Jadel.

Por enquanto, os planos são modestos e ele ainda não tem um município definido para representar. Quando era atleta do salto triplo, o veterano defendeu São Bernardo – local onde se despediu do atletismo, em junho, após o GP Brasil. “Não tenho nada em mente, apenas quero treinar para entrar nos Regionais e nos Abertos. Quando estiver mais próximo das competições eu vou procurar alguma cidade que me dê suporte e estrutura para poder competir”, explicou.

Com 2,02 m de altura, Jadel Gregório vai entrar na categoria mais pesada do taekwondo, para atletas com mais de 80 quilos. Atualmente ele pesa 104 quilos e terá de se preparar fisicamente para um esporte de contato, diferente do salto triplo. “Estou treinando com alguns amigos, por conta mesmo, no (Parque do) Ibirapuera (em São Paulo)”, disse.

A carreira de Jadel no salto triplo foi recheada de grandes momentos. Ele é dono de três medalhas de prata em campeonatos mundiais, sendo duas em competições indoor (Budapeste-2004 e Moscou-2006) e uma ao ar livre (Osaka-2007). Em Jogos Pan-Americanos, além do ouro conquistado no Rio de Janeiro, em 2007, ele também tem uma prata, conseguida em Santo Domingo-2003.

Um dos momentos mais marcantes da sua carreira foi em maio de 2007, quando quebrou o recorde brasileiro e sul-americano do salto triplo ao registrar 17,90 m e superar em um centímetro a marca de João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, que em 1975, nos Jogos Pan-Americanos da Cidade do México, alcançou 17,89 m. Esse salto, aliás, tornou Jadel o sexto melhor atleta da história na época. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;