Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Leilão da Copel acontece no próximo dia 12


Do Diário OnLine

05/11/2001 | 11:10


O governo do Paraná remarcou para o próximo dia 12 o leilão da Companhia Paranaense de Energia (Copel). A privatização da companhia está marcada para as 10h, na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro.

Apesar do governo ter marcado a nova data, o processo de venda da empresa está suspenso devido a uma liminar concedida pela 7ª Vara Federal de Curitiba. O governo estadual aguarda que o Tribunal Regional Federal revogue a liminar ainda nesta segunda para garantir que o leilão aconteça.

O prazo para que os interessados em participar na compra da Copel entreguem as garantias termina às 18h desta terça-feira. A lista com os habilitados para o leilão deve ser divulgada na manhã do dia 12, quando será realizada a venda.

O leilão, marcado inicialmente para 31 de outubro, foi adiado por pressão de empresas interessadas, como a Vale do Rio Doce, Votorantim e Tractebel. Se a data não fosse adiada, as empresas ameaçavam não participar do leilão.

O preço mínimo fixado para a venda da Copel é de R$ 5.068.553.366,81. Serão leiloadas 88,64% das ações ordinárias nominativas da Copel. O governo paranaense reservou 9,85% das ações para os funcionários da companhia, em um total de R$ 266,7 milhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Leilão da Copel acontece no próximo dia 12

Do Diário OnLine

05/11/2001 | 11:10


O governo do Paraná remarcou para o próximo dia 12 o leilão da Companhia Paranaense de Energia (Copel). A privatização da companhia está marcada para as 10h, na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro.

Apesar do governo ter marcado a nova data, o processo de venda da empresa está suspenso devido a uma liminar concedida pela 7ª Vara Federal de Curitiba. O governo estadual aguarda que o Tribunal Regional Federal revogue a liminar ainda nesta segunda para garantir que o leilão aconteça.

O prazo para que os interessados em participar na compra da Copel entreguem as garantias termina às 18h desta terça-feira. A lista com os habilitados para o leilão deve ser divulgada na manhã do dia 12, quando será realizada a venda.

O leilão, marcado inicialmente para 31 de outubro, foi adiado por pressão de empresas interessadas, como a Vale do Rio Doce, Votorantim e Tractebel. Se a data não fosse adiada, as empresas ameaçavam não participar do leilão.

O preço mínimo fixado para a venda da Copel é de R$ 5.068.553.366,81. Serão leiloadas 88,64% das ações ordinárias nominativas da Copel. O governo paranaense reservou 9,85% das ações para os funcionários da companhia, em um total de R$ 266,7 milhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;