Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Timão vacila, cede empate ao Cruzeiro e cai para terceiro

Giovanni Augusto fez logo com um minuto, mas time não manteve o ritmo e quase sofreu virada


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

09/08/2016 | 07:00


O Corinthians desperdiçou a chance de levar o primeiro turno do Brasileiro. O time precisava vencer o Cruzeiro por três gols de diferença para ultrapassar o rival Palmeiras e começou com tudo, mas permitiu que os mineiros crescessem, empatasse e ainda tivessem chance para virar, em pleno Pacaembu. No fim, o 1 a 1 derrubou o Timão para terceiro, com 34 pontos.

Torcedores se ajeitavam na arquibancada – a Arena está cedida para os jogos da Olimpíada – quando, com um minuto, Giovanni Augusto pegou rebote da zaga e estufou a rede.

O clima era perfeito para atingir a missão de voltar à ponta. Mas não foi o que aconteceu. O Timão se acomodou com a vantagem parcial e permitiu que o Cruzeiro entrasse na partida.

Aos sete, aconteceu o lance mais polêmico do jogo. Ábila tentou aplicar chápeu em Cássio e claramente foi derrubado, mas o árbitro nada marcou. A perna do argentino ficou sangrando após o lance.

No segundo tempo, o Cruzeiro foi superior e martelou em busca do empate. De tanto insistir, o time mineiro foi premiado com o gol. Aos 20, Rafael Sóbis cruzou rasteiro e Ábila emendou de primeira, com muita força, sem chances para Cássio.

A igualdade deixou o jogo aberto. Bruno Henrique quase fez após falha do goleiro Lucas França. Do outro lado, William acertou o travessão, mas o 1 a 1 permaneceu no placar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Timão vacila, cede empate ao Cruzeiro e cai para terceiro

Giovanni Augusto fez logo com um minuto, mas time não manteve o ritmo e quase sofreu virada

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

09/08/2016 | 07:00


O Corinthians desperdiçou a chance de levar o primeiro turno do Brasileiro. O time precisava vencer o Cruzeiro por três gols de diferença para ultrapassar o rival Palmeiras e começou com tudo, mas permitiu que os mineiros crescessem, empatasse e ainda tivessem chance para virar, em pleno Pacaembu. No fim, o 1 a 1 derrubou o Timão para terceiro, com 34 pontos.

Torcedores se ajeitavam na arquibancada – a Arena está cedida para os jogos da Olimpíada – quando, com um minuto, Giovanni Augusto pegou rebote da zaga e estufou a rede.

O clima era perfeito para atingir a missão de voltar à ponta. Mas não foi o que aconteceu. O Timão se acomodou com a vantagem parcial e permitiu que o Cruzeiro entrasse na partida.

Aos sete, aconteceu o lance mais polêmico do jogo. Ábila tentou aplicar chápeu em Cássio e claramente foi derrubado, mas o árbitro nada marcou. A perna do argentino ficou sangrando após o lance.

No segundo tempo, o Cruzeiro foi superior e martelou em busca do empate. De tanto insistir, o time mineiro foi premiado com o gol. Aos 20, Rafael Sóbis cruzou rasteiro e Ábila emendou de primeira, com muita força, sem chances para Cássio.

A igualdade deixou o jogo aberto. Bruno Henrique quase fez após falha do goleiro Lucas França. Do outro lado, William acertou o travessão, mas o 1 a 1 permaneceu no placar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;