Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sto.André contrata
campeão mundial


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

08/01/2011 | 07:13


O Santo André apresentou ontem o zagueiro Anderson, 30 anos, ex-Corinthians, Lyon, Benfica, São Paulo, Cruzeiro e Seleção Brasileira. Como se continuasse ferida pelo rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro, a diretoria logo tratou de procurar no mercado alguém que pudesse ajudar o remodelado time de Pintado a resgatar a autoestima de quem ainda se recupera do impacto provocado pelo recente mergulho na Terceirona.

"A presença dele só nos dá moral e enche de orgulho. É como se a gente precisasse dar alguma resposta imediata àqueles que não assimilaram a nossa queda", comentou o presidente Ronan Maria Pinto, ao justificar tanto atrevimento do Santo André na hora de contratar um personagem do tamanho do campeão mundial pelo Corinthians na temporada 2000.

"Há dois detalhes que me convenceram a optar pelo Santo André. Antes de assinar, ouvi atentamente as palavras do Pintado. Além disso, levei em conta o esforço do presidente (Ronan), que não parava de encher a minha bola. Aí, preferi esquecer propostas melhores para topar outro desafio na minha carreira. Assim, vou ficar mais próximo de minha família" (a mulher Débora e o casal de filhos Kauan (4 anos) e Nicole (2) - portugueses dos tempos em que o pai atuou no Benfica cedido pelos franceses do Lyon, um dos principais componentes da trajetória indiscutivelmente vencedora como capitão e irrepreensível líder dos companheiros na época do Corinthians.

Em agosto/setembro de 2010, Anderson Cléber Beraldo, 1.86m, desvinculou-se do Lyon. Ele já havia superado lesões no joelho e a última no ombro. No segundo semestre, perseverou como nunca na academia do Timão.

De lá para cá, sentiu que nem todos apostavam nele. Mas, completamente recuperado e de alma renovada para o recomeço, o insuperável xerife jurava na frente de Ronan - e dos agentes Marcelo Djan e Fabinho - que não pretende mostrar mais nada a ninguém. "Sei que havia desconfianças quanto às minhas condições. Mas, depois de tudo que rodei na vida, só quero provar a mim mesmo que sou o Anderson de sempre", avisou uma das feras de Carlos Alberto Parreira na Seleção Brasileira de 2005.

Dirigentes acreditam em reabilitação do Ramalhinho

A derrota por 2 a 1 na estreia contra o Goiás não desanimou o Santo André na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Pelo menos os dirigentes seguem com total confiança na recuperação dos atletas e na consequente classificação à segunda fase.

"Dá para reverter, principalmente pela apresentação da equipe contra o Goiás, apesar do resultado. Esse jogo (diante do Desportivo Brasil, amanhã) é fundamental", disse o diretor de futebol andreense Juraci Catarino. "Vamos em busca das duas vitórias nesses dois jogos", emendou o supervisor do Centro de Formação do Ramalhão, Jairo Justino de Oliveira, referindo-se também ao duelo com o Corinthians-AL.

Ontem, o time fez trabalho tático e hoje realiza atividade leve em Porto Feliz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André contrata
campeão mundial

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

08/01/2011 | 07:13


O Santo André apresentou ontem o zagueiro Anderson, 30 anos, ex-Corinthians, Lyon, Benfica, São Paulo, Cruzeiro e Seleção Brasileira. Como se continuasse ferida pelo rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro, a diretoria logo tratou de procurar no mercado alguém que pudesse ajudar o remodelado time de Pintado a resgatar a autoestima de quem ainda se recupera do impacto provocado pelo recente mergulho na Terceirona.

"A presença dele só nos dá moral e enche de orgulho. É como se a gente precisasse dar alguma resposta imediata àqueles que não assimilaram a nossa queda", comentou o presidente Ronan Maria Pinto, ao justificar tanto atrevimento do Santo André na hora de contratar um personagem do tamanho do campeão mundial pelo Corinthians na temporada 2000.

"Há dois detalhes que me convenceram a optar pelo Santo André. Antes de assinar, ouvi atentamente as palavras do Pintado. Além disso, levei em conta o esforço do presidente (Ronan), que não parava de encher a minha bola. Aí, preferi esquecer propostas melhores para topar outro desafio na minha carreira. Assim, vou ficar mais próximo de minha família" (a mulher Débora e o casal de filhos Kauan (4 anos) e Nicole (2) - portugueses dos tempos em que o pai atuou no Benfica cedido pelos franceses do Lyon, um dos principais componentes da trajetória indiscutivelmente vencedora como capitão e irrepreensível líder dos companheiros na época do Corinthians.

Em agosto/setembro de 2010, Anderson Cléber Beraldo, 1.86m, desvinculou-se do Lyon. Ele já havia superado lesões no joelho e a última no ombro. No segundo semestre, perseverou como nunca na academia do Timão.

De lá para cá, sentiu que nem todos apostavam nele. Mas, completamente recuperado e de alma renovada para o recomeço, o insuperável xerife jurava na frente de Ronan - e dos agentes Marcelo Djan e Fabinho - que não pretende mostrar mais nada a ninguém. "Sei que havia desconfianças quanto às minhas condições. Mas, depois de tudo que rodei na vida, só quero provar a mim mesmo que sou o Anderson de sempre", avisou uma das feras de Carlos Alberto Parreira na Seleção Brasileira de 2005.

Dirigentes acreditam em reabilitação do Ramalhinho

A derrota por 2 a 1 na estreia contra o Goiás não desanimou o Santo André na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Pelo menos os dirigentes seguem com total confiança na recuperação dos atletas e na consequente classificação à segunda fase.

"Dá para reverter, principalmente pela apresentação da equipe contra o Goiás, apesar do resultado. Esse jogo (diante do Desportivo Brasil, amanhã) é fundamental", disse o diretor de futebol andreense Juraci Catarino. "Vamos em busca das duas vitórias nesses dois jogos", emendou o supervisor do Centro de Formação do Ramalhão, Jairo Justino de Oliveira, referindo-se também ao duelo com o Corinthians-AL.

Ontem, o time fez trabalho tático e hoje realiza atividade leve em Porto Feliz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;