Fechar
Publicidade

Sábado, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Roberto Silva canta no 'Ensaio'


Melina Dias
Do Diário do Grande ABC

17/09/2008 | 07:08


Quando desavisados tentaram dar a Paulinho da Viola a alcunha de ‘Príncipe do Samba', ele logo fez justiça lembrando que esse título já tinha dono: Roberto Silva, 88 anos.

O elegante e conservado intérprete de voz cristalina é o entrevistado de Fernando Faro nesta quarta-feira, no Ensaio, na TV Cultura, às 22h10.

Histórias não lhe faltam para garantir sabor ao programa que alterna números musicais e entrevistas. Roberto Silva fez sucesso e lançou vários discos em seus 70 anos de carreira.

Depois de um período de ostracismo nos anos 1980, teve seis discos seus originados nas décadas de 1950 e 1960 relançados pela EMI (detentora de todo o acervo da única gravadora para qual foi fiel, a Copacabana).

Essa volta ao cenário já rende. Foi a mulher, Syone, quem escreveu à EMI pedindo o relançamento. Mais recentemente, Roberto coleciona participações memoráveis, como em Juracy, com Caetano Veloso na coleção Casa de Samba.

Nesta gravação, Caetano declara-se honrado em cantar ao seu lado. O samba sincopado de Roberto Silva tem outros fãs famosos, como o exigente João Gilberto.

No programa de hoje, ele lembra dos compositores que assinaram grandes sucessos de sua carreira, como Mandei Fazer um Patuá e Normélia, de Raymundo Olavo e Norberto Martins; Faceira, de Ary Barroso; e Emília, de Haroldo Lobo e Wilson Batista. Você Está Sumindo, Aos Pés da Cruz, Se Acaso Você Chegasse e Pisei num Despacho estã no repertório.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Roberto Silva canta no 'Ensaio'

Melina Dias
Do Diário do Grande ABC

17/09/2008 | 07:08


Quando desavisados tentaram dar a Paulinho da Viola a alcunha de ‘Príncipe do Samba', ele logo fez justiça lembrando que esse título já tinha dono: Roberto Silva, 88 anos.

O elegante e conservado intérprete de voz cristalina é o entrevistado de Fernando Faro nesta quarta-feira, no Ensaio, na TV Cultura, às 22h10.

Histórias não lhe faltam para garantir sabor ao programa que alterna números musicais e entrevistas. Roberto Silva fez sucesso e lançou vários discos em seus 70 anos de carreira.

Depois de um período de ostracismo nos anos 1980, teve seis discos seus originados nas décadas de 1950 e 1960 relançados pela EMI (detentora de todo o acervo da única gravadora para qual foi fiel, a Copacabana).

Essa volta ao cenário já rende. Foi a mulher, Syone, quem escreveu à EMI pedindo o relançamento. Mais recentemente, Roberto coleciona participações memoráveis, como em Juracy, com Caetano Veloso na coleção Casa de Samba.

Nesta gravação, Caetano declara-se honrado em cantar ao seu lado. O samba sincopado de Roberto Silva tem outros fãs famosos, como o exigente João Gilberto.

No programa de hoje, ele lembra dos compositores que assinaram grandes sucessos de sua carreira, como Mandei Fazer um Patuá e Normélia, de Raymundo Olavo e Norberto Martins; Faceira, de Ary Barroso; e Emília, de Haroldo Lobo e Wilson Batista. Você Está Sumindo, Aos Pés da Cruz, Se Acaso Você Chegasse e Pisei num Despacho estã no repertório.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;