Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Balada para surdos é por vibração

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

18/09/2011 | 07:00


Canto dos pássaros, sirenes, músicas, aplausos. Sons comuns do dia a dia não fazem parte da vida de quem é surdo. Eles vivem em silêncio, mas sabem se comunicar e se divertir. Luana Souza, 18 anos, curte passear no shopping com as amigas, assistir a filmes e adora o jeito da atriz Mariana Rios. Seu sonho é conhecer Paris.

A garota ficou surda com 1 ano e meio após ter meningite. Com ajuda da fonoaudióloga, aprendeu a falar algumas coisas, como seu nome e o das pessoas da família. "Na maior parte do tempo, me comunico por sinais. O bom é que a tecnologia facilita muito. Dou um jeito de me fazer entender." Ela curte muito internet, meio pelo qual foi entrevistada pelo D+.

Luana está no 1º colegial, faz curso de inglês e pretende ser artista plástica. "Amo desenhar e pintar quadros. É uma forma de me expressar." Balada? Só foi a uma, feita especialmente para surdos. Ela deve repetir a dose no sábado (24) durante a Sencity no MAM, festa gratuita (para surdos e ouvintes) que vai acontecer simultaneamente na Holanda. Faz parte da 2ª Semana Sinais da Arte, com programação em homenagem ao Dia Nacional do Surdo, comemorado na quinta (22).

VIBRAÇÃO

Além de música, sentida pela vibração das batidas que se propagam pelo chão e ar (quanto mais alta, mais fácil sentir), a festa oferece experiências sensoriais por meio de diferentes linguagens, como luzes, aromas e projeções de imagens. Aqui a balada Sencity começa às 17h, com o espetáculo da Escola do Auditório Ibirapuera, realizado por sinais, ao mesmo tempo em que a galera de Roterdã entra na pista (lá 21h). Tudo com transmissão ao vivo da festa holandesa. Às 19h30, exibe o rapper surdo finlandês Signmark, que apresenta composições em linguagem de sinais e vocais.

Na sequência, assume o comando do som a DJ Lisa Bueno. E para encerrar a noite, o baterista e ex-Sepultura Iggor Cavalera apresenta o projeto Mixhell, ao lado da sua mulher Laima Leyton. Durante a festa, dançarinos de sinais (chamados signdancers) acompanham a música. As inscrições para a balada devem ser feitas até a sexta (23) pelo telefone 5085-1313. Só pode entrar quem tem a partir de 16 anos.

Confira a programação completa:

Terça-feira (20)

10h - Oficina de fotografia com Karina Bacci

14h - Visita educativa em Libras no MAM-SP com o educador Leonardo Castilho

 

Quarta (21)

10h e 14h - Visita educativa em Libras no MAM-SP (Jardim das Esculturas) com o educador Leonardo Castilho

10h e 14h - Visita educativa em Libras na Pinacoteca do Estado de São Paulo com a educadora Sabrina Ribeiro

10h e 14h - Visita educativa em Libras no Centro Cultural Banco do Brasil com a educadora Isadora Borges

14h -  Narração de historias em Libras com as educadoras Mirela Estelles e Amarilis Ferreira

 

Quinta (22)

10h - Oficina Sinais na Arte; com o artista Stephan Doitschinoff

14h -Mostra dos filmes realizados pelo coletivo Corposinalizante

 

Sexta (23)

10h - Oficina de História em quadrinhos, com Tiago Judas

10h - Visita educativa em Libras no MAM-SP com o educador Leonardo Castilho

10h e 14h - Visita educativa em Libras na Pinacoteca do Estado de São Paulo com a educadora Sabrina Ribeiro

10h e 14h - Visita educativa em Libras no Centro Cultural Banco do Brasil com a educadora Isadora Borges

14h - "Você gostaria de aprender outra língua?" Educadores surdos oferecem um primeiro contato com a Libras, no MAM-SP

 

Sábado (24)

Sencity no MAM

17h- Apresentação de espetáculo musical da Escola do Auditório Ibirapuera, com interpretação em Libras

19h30 - Início da transmissão on-line do show do rapper surdo Signmark, na Sencity Roterdã

20h30 - DJ Set Lisa Bueno

22h00 - Mixhell + Drum solo Iggor Cavalera



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Balada para surdos é por vibração

Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

18/09/2011 | 07:00


Canto dos pássaros, sirenes, músicas, aplausos. Sons comuns do dia a dia não fazem parte da vida de quem é surdo. Eles vivem em silêncio, mas sabem se comunicar e se divertir. Luana Souza, 18 anos, curte passear no shopping com as amigas, assistir a filmes e adora o jeito da atriz Mariana Rios. Seu sonho é conhecer Paris.

A garota ficou surda com 1 ano e meio após ter meningite. Com ajuda da fonoaudióloga, aprendeu a falar algumas coisas, como seu nome e o das pessoas da família. "Na maior parte do tempo, me comunico por sinais. O bom é que a tecnologia facilita muito. Dou um jeito de me fazer entender." Ela curte muito internet, meio pelo qual foi entrevistada pelo D+.

Luana está no 1º colegial, faz curso de inglês e pretende ser artista plástica. "Amo desenhar e pintar quadros. É uma forma de me expressar." Balada? Só foi a uma, feita especialmente para surdos. Ela deve repetir a dose no sábado (24) durante a Sencity no MAM, festa gratuita (para surdos e ouvintes) que vai acontecer simultaneamente na Holanda. Faz parte da 2ª Semana Sinais da Arte, com programação em homenagem ao Dia Nacional do Surdo, comemorado na quinta (22).

VIBRAÇÃO

Além de música, sentida pela vibração das batidas que se propagam pelo chão e ar (quanto mais alta, mais fácil sentir), a festa oferece experiências sensoriais por meio de diferentes linguagens, como luzes, aromas e projeções de imagens. Aqui a balada Sencity começa às 17h, com o espetáculo da Escola do Auditório Ibirapuera, realizado por sinais, ao mesmo tempo em que a galera de Roterdã entra na pista (lá 21h). Tudo com transmissão ao vivo da festa holandesa. Às 19h30, exibe o rapper surdo finlandês Signmark, que apresenta composições em linguagem de sinais e vocais.

Na sequência, assume o comando do som a DJ Lisa Bueno. E para encerrar a noite, o baterista e ex-Sepultura Iggor Cavalera apresenta o projeto Mixhell, ao lado da sua mulher Laima Leyton. Durante a festa, dançarinos de sinais (chamados signdancers) acompanham a música. As inscrições para a balada devem ser feitas até a sexta (23) pelo telefone 5085-1313. Só pode entrar quem tem a partir de 16 anos.

Confira a programação completa:

Terça-feira (20)

10h - Oficina de fotografia com Karina Bacci

14h - Visita educativa em Libras no MAM-SP com o educador Leonardo Castilho

 

Quarta (21)

10h e 14h - Visita educativa em Libras no MAM-SP (Jardim das Esculturas) com o educador Leonardo Castilho

10h e 14h - Visita educativa em Libras na Pinacoteca do Estado de São Paulo com a educadora Sabrina Ribeiro

10h e 14h - Visita educativa em Libras no Centro Cultural Banco do Brasil com a educadora Isadora Borges

14h -  Narração de historias em Libras com as educadoras Mirela Estelles e Amarilis Ferreira

 

Quinta (22)

10h - Oficina Sinais na Arte; com o artista Stephan Doitschinoff

14h -Mostra dos filmes realizados pelo coletivo Corposinalizante

 

Sexta (23)

10h - Oficina de História em quadrinhos, com Tiago Judas

10h - Visita educativa em Libras no MAM-SP com o educador Leonardo Castilho

10h e 14h - Visita educativa em Libras na Pinacoteca do Estado de São Paulo com a educadora Sabrina Ribeiro

10h e 14h - Visita educativa em Libras no Centro Cultural Banco do Brasil com a educadora Isadora Borges

14h - "Você gostaria de aprender outra língua?" Educadores surdos oferecem um primeiro contato com a Libras, no MAM-SP

 

Sábado (24)

Sencity no MAM

17h- Apresentação de espetáculo musical da Escola do Auditório Ibirapuera, com interpretação em Libras

19h30 - Início da transmissão on-line do show do rapper surdo Signmark, na Sencity Roterdã

20h30 - DJ Set Lisa Bueno

22h00 - Mixhell + Drum solo Iggor Cavalera

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;