Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Segundona começa com
equipes do Grande ABC
entre os protagonistas

Jovens do Mauaense, EC São Bernardo, Água Santa e CA
Diadema vão atrás do acesso na Segunda Divisão do Paulista


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

27/04/2013 | 07:00


Campos esburacados, arquibancadas vazias e salários que parecem ajuda de custo. É neste cenário que centenas de jovens buscam espaço no futebol profissional. Eles integram clubes da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, que começa hoje com oito jogos - amanhã acontecem mais 12 partidas e a rodada será completada no dia 1º com mais um duelo. Pela região, CA Diadema e Água Santa debutam, enquanto EC São Bernardo e Grêmio Mauaense tentam fazer valer a experiência. O Palestra de São Bernardo pediu licença e outra vez não vai participar.

Os 45 clubes foram divididos em grupos regionalizados com, no máximo, seis times em cada. Na primeira fase todos jogam contra todos, classificando-se os três primeiros colocados. Serão disputadas outras três fases até se chegar à grande decisão. Os quatro melhores sobem para a Série A-3.

Assim como nos anos anteriores, os clubes até podem ter jogadores com mais de 23 anos no elenco, mas só devem utilizar três no mesmo jogo.

Entre os representantes regionais, o que chega com mais prestígio é o Mauaense, sob comando do técnico Paulo Pedro, ex-Corinthians. Após três anos de parceria com o São Bernardo FC, o time conta com nova diretoria e vem respaldado pelas grandes campanhas no Paulista Sub-20 da Segunda Divisão em 2011 e 2012, quando chegou às semifinais. Conta a favor o fato de o elenco treinar junto há três anos, o que pode ser decisivo.

O EC São Bernardo também tem equipe bem ajustada e com ótimo entrosamento. O elenco é composto por muitos jogadores que conseguiram o título da Segundona do Paulista Sub-20 em 2011 e vem treinando junto há dois anos, sempre com o comando do técnico Julio César Passarelli.

Os dois times de Diadema estreiam no futebol profissional e aparecem como incógnitas, mas com vontade de surpreender. O Água Santa surgiu do futebol amador e conta com diversos atletas com forte ligação com a cidade, além de outros que conhecem bem a divisão. O treinador é o experiente Márcio Ribeiro.

Já o CA Diadema investiu pesado para lutar pelo acesso já no primeiro ano como profissional. O clube conta com jogadores que estavam nas Séries A-2 e A-3, além de dez lapidados nas categorias de base. O treinador é Ataliba, ex-atacante do Corinthians.

 

Assim, com equipes experientes, debutantes, com grandes ou pequenos orçamentos, a Segundona promete agitar o futebol paulista. Até o dia 27 de outubro muita bola vai rolar. Os clubes na luta pelo acesso e os jogadores à procura de um lugar ao sol.

 

Diadema desafia o Mauaense no Inamar

 

CA Diadema e Grêmio Mauaense começam hoje, às 15h, no Estádio Inamar, a caminhada na Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Será o duelo da juventude dos diademenses, que fazem o primeiro jogo da história no futebol profissional, contra a experiência dos mauaenses, que contam com o mesmo elenco há três anos. Foram colocados à venda 2.500 ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

E este debute do CAD gera ansiedade até mesmo em quem esteve acostumado a grandes jogos com a camisa do Corinthians, caso do ex-atacante Ataliba, técnico da equipe. "A expectativa está boa. Todos estamos ansiosos, é lógico, por ser uma estreia, mas estamos na luta há dois meses, treinando, escolhendo os meninos. Chegou a hora e vai dar tudo certo", destacou Ataliba, que exaltou a qualidade do adversário. "O time é jovem, mas está junto há dois ou três anos, desde o sub-20. Então devemos ter muito respeito."

Em 2012, as equipes se encontraram duas vezes pela Segunda Divisão do Paulista Sub-20 e o Mauaense levou a melhor em ambas, fazendo 3 a 0 fora de casa e depois 2 a 0 como mandante.

Se baseando no retrospecto, o técnico do Mauaense, Paulo Pedro, mostra confiança. "O time deles não mudou muito desde o ano passado, mas temos de ficar atentos. Nossos dois zagueiros titulares estão machucados (Cleiton Menezes e Lucas Henrique), mas confio nos substitutos", comentou.

A força do time está em dois jovens. O volante Thiago é o capitão, enquanto o meia Anderson Gindre foi o artilheiro do Paulista Sub-20 em 2012 (leia mais ao lado). "São dois atletas cruciais no esquema. O Thiago organiza bem o time, enquanto o Gindre tem chegada forte na frente", explicou Paulo Pedro. (com Dérek Bittencourt)

Aos 32 anos, zagueiro Eriel é a experiência do debutante CAD
Se o jogo de hoje marca a estreia do CA Diadema em competições profissionais, o técnico Ataliba conta no elenco com jogador que tem justamente perfil oposto a essa situação: o zagueiro Eriel, 32 anos, um dos três atletas do time além dos 23 anos - limite de idade da Segunda Divisão.

Campeão catarinense pelo Figueirense em 2002, traz no currículo acesso com o Guaratinguetá, em 2001, e passagens por Portuguesa Santista, São Bento, Grêmio Osasco e o futebol de Vietnã e Omã. E a experiência adquirida ele tenta compartilhar com o jovem grupo diademense.

"Procuro passar o que já vivi no futebol, que proporciona momentos bons, mas também de dificuldades. Eles têm de aproveitar a oportunidade", destacou Eriel, que prevê bom futuro ao CAD a partir do jogo de hoje. "O time vem evoluindo a cada treino. Temos grupo bom, de qualidade, com jogadores que sabem onde querem chegar. Esta primeira vitória será fundamental, principalmente por ser em casa." (Dérek Bittencourt)

 

Artilheiro Gindre e capitão Thiago são as apostas da Locomotiva

Os 12 gols feitos por Anderson Gindre na Segunda Divisão do Paulista Sub-20 do ano passado deram ao garoto de 19 anos o rótulo de artilheiro. É nele que o técnico Paulo Pedro confia para começar bem a caminhada na Segundona.

"Sei que a responsabilidade é grande, mas estou preparado. Precisamos começar bem a competição", ressaltou o meia, que prefere partir com a bola dominada. "Não sou de ficar enfiado na área, mas chego bastante, além de servir os companheiros", completou.

Outro jogador considerado por Paulo Pedro como fundamental no esquema tático é o volante Thiago, que tem a função de organizar o time em campo, tanto que foi escolhido para ser o capitão. "Tenho essa característica de falar bastante com os meus companheiros e isso agrada ao técnico", ressaltou o jogador, 19 anos.

Ontem, o time foi recebido pelo prefeito Donisete Braga (PT) no gabinete da Prefeitura. O chefe do Executivo desejou boa sorte à equipe e garantiu apoio na caminhada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Segundona começa com
equipes do Grande ABC
entre os protagonistas

Jovens do Mauaense, EC São Bernardo, Água Santa e CA
Diadema vão atrás do acesso na Segunda Divisão do Paulista

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

27/04/2013 | 07:00


Campos esburacados, arquibancadas vazias e salários que parecem ajuda de custo. É neste cenário que centenas de jovens buscam espaço no futebol profissional. Eles integram clubes da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, que começa hoje com oito jogos - amanhã acontecem mais 12 partidas e a rodada será completada no dia 1º com mais um duelo. Pela região, CA Diadema e Água Santa debutam, enquanto EC São Bernardo e Grêmio Mauaense tentam fazer valer a experiência. O Palestra de São Bernardo pediu licença e outra vez não vai participar.

Os 45 clubes foram divididos em grupos regionalizados com, no máximo, seis times em cada. Na primeira fase todos jogam contra todos, classificando-se os três primeiros colocados. Serão disputadas outras três fases até se chegar à grande decisão. Os quatro melhores sobem para a Série A-3.

Assim como nos anos anteriores, os clubes até podem ter jogadores com mais de 23 anos no elenco, mas só devem utilizar três no mesmo jogo.

Entre os representantes regionais, o que chega com mais prestígio é o Mauaense, sob comando do técnico Paulo Pedro, ex-Corinthians. Após três anos de parceria com o São Bernardo FC, o time conta com nova diretoria e vem respaldado pelas grandes campanhas no Paulista Sub-20 da Segunda Divisão em 2011 e 2012, quando chegou às semifinais. Conta a favor o fato de o elenco treinar junto há três anos, o que pode ser decisivo.

O EC São Bernardo também tem equipe bem ajustada e com ótimo entrosamento. O elenco é composto por muitos jogadores que conseguiram o título da Segundona do Paulista Sub-20 em 2011 e vem treinando junto há dois anos, sempre com o comando do técnico Julio César Passarelli.

Os dois times de Diadema estreiam no futebol profissional e aparecem como incógnitas, mas com vontade de surpreender. O Água Santa surgiu do futebol amador e conta com diversos atletas com forte ligação com a cidade, além de outros que conhecem bem a divisão. O treinador é o experiente Márcio Ribeiro.

Já o CA Diadema investiu pesado para lutar pelo acesso já no primeiro ano como profissional. O clube conta com jogadores que estavam nas Séries A-2 e A-3, além de dez lapidados nas categorias de base. O treinador é Ataliba, ex-atacante do Corinthians.

 

Assim, com equipes experientes, debutantes, com grandes ou pequenos orçamentos, a Segundona promete agitar o futebol paulista. Até o dia 27 de outubro muita bola vai rolar. Os clubes na luta pelo acesso e os jogadores à procura de um lugar ao sol.

 

Diadema desafia o Mauaense no Inamar

 

CA Diadema e Grêmio Mauaense começam hoje, às 15h, no Estádio Inamar, a caminhada na Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Será o duelo da juventude dos diademenses, que fazem o primeiro jogo da história no futebol profissional, contra a experiência dos mauaenses, que contam com o mesmo elenco há três anos. Foram colocados à venda 2.500 ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

E este debute do CAD gera ansiedade até mesmo em quem esteve acostumado a grandes jogos com a camisa do Corinthians, caso do ex-atacante Ataliba, técnico da equipe. "A expectativa está boa. Todos estamos ansiosos, é lógico, por ser uma estreia, mas estamos na luta há dois meses, treinando, escolhendo os meninos. Chegou a hora e vai dar tudo certo", destacou Ataliba, que exaltou a qualidade do adversário. "O time é jovem, mas está junto há dois ou três anos, desde o sub-20. Então devemos ter muito respeito."

Em 2012, as equipes se encontraram duas vezes pela Segunda Divisão do Paulista Sub-20 e o Mauaense levou a melhor em ambas, fazendo 3 a 0 fora de casa e depois 2 a 0 como mandante.

Se baseando no retrospecto, o técnico do Mauaense, Paulo Pedro, mostra confiança. "O time deles não mudou muito desde o ano passado, mas temos de ficar atentos. Nossos dois zagueiros titulares estão machucados (Cleiton Menezes e Lucas Henrique), mas confio nos substitutos", comentou.

A força do time está em dois jovens. O volante Thiago é o capitão, enquanto o meia Anderson Gindre foi o artilheiro do Paulista Sub-20 em 2012 (leia mais ao lado). "São dois atletas cruciais no esquema. O Thiago organiza bem o time, enquanto o Gindre tem chegada forte na frente", explicou Paulo Pedro. (com Dérek Bittencourt)

Aos 32 anos, zagueiro Eriel é a experiência do debutante CAD
Se o jogo de hoje marca a estreia do CA Diadema em competições profissionais, o técnico Ataliba conta no elenco com jogador que tem justamente perfil oposto a essa situação: o zagueiro Eriel, 32 anos, um dos três atletas do time além dos 23 anos - limite de idade da Segunda Divisão.

Campeão catarinense pelo Figueirense em 2002, traz no currículo acesso com o Guaratinguetá, em 2001, e passagens por Portuguesa Santista, São Bento, Grêmio Osasco e o futebol de Vietnã e Omã. E a experiência adquirida ele tenta compartilhar com o jovem grupo diademense.

"Procuro passar o que já vivi no futebol, que proporciona momentos bons, mas também de dificuldades. Eles têm de aproveitar a oportunidade", destacou Eriel, que prevê bom futuro ao CAD a partir do jogo de hoje. "O time vem evoluindo a cada treino. Temos grupo bom, de qualidade, com jogadores que sabem onde querem chegar. Esta primeira vitória será fundamental, principalmente por ser em casa." (Dérek Bittencourt)

 

Artilheiro Gindre e capitão Thiago são as apostas da Locomotiva

Os 12 gols feitos por Anderson Gindre na Segunda Divisão do Paulista Sub-20 do ano passado deram ao garoto de 19 anos o rótulo de artilheiro. É nele que o técnico Paulo Pedro confia para começar bem a caminhada na Segundona.

"Sei que a responsabilidade é grande, mas estou preparado. Precisamos começar bem a competição", ressaltou o meia, que prefere partir com a bola dominada. "Não sou de ficar enfiado na área, mas chego bastante, além de servir os companheiros", completou.

Outro jogador considerado por Paulo Pedro como fundamental no esquema tático é o volante Thiago, que tem a função de organizar o time em campo, tanto que foi escolhido para ser o capitão. "Tenho essa característica de falar bastante com os meus companheiros e isso agrada ao técnico", ressaltou o jogador, 19 anos.

Ontem, o time foi recebido pelo prefeito Donisete Braga (PT) no gabinete da Prefeitura. O chefe do Executivo desejou boa sorte à equipe e garantiu apoio na caminhada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;