Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Atividade industrial da China cai para 47,7



01/12/2011 | 01:47


O Índice dos Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) final, organizado pelo HSBC, caiu para 47,7 em novembro em comparação aos 51,0 de outubro, informou nesta quinta-feira o HSBC Holdings PLC.

O PMI demonstra o nível da atividade industrial. A queda do indicador pode intensificar as preocupações de que o crescimento está mais fraco na segunda maior economia do mundo. Uma leitura abaixo de 50 indica contração no mês anterior, enquanto que uma leitura acima de 50 demonstra expansão.

O indicador final ficou abaixo de 48,0, como apontado em relatório preliminar do HSBC para o PMI, apresentado em 23 de novembro. O índice preliminar baseia-se em 85% a 90% das respostas para o levantamento feito pelo HSBC.

"A pontuação final do PMI de novembro demonstra acentuada deterioração das condições de negócios no setor de manufatura da China", disse em comunicado o economista chefe do HSBC para a China, Hongbin Qu. "Combinado com o alívio mais rápido que o esperado da inflação, isso demonstra que o crescimento está definido para superar a inflação, que tem preocupado o governo chinês." As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atividade industrial da China cai para 47,7


01/12/2011 | 01:47


O Índice dos Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) final, organizado pelo HSBC, caiu para 47,7 em novembro em comparação aos 51,0 de outubro, informou nesta quinta-feira o HSBC Holdings PLC.

O PMI demonstra o nível da atividade industrial. A queda do indicador pode intensificar as preocupações de que o crescimento está mais fraco na segunda maior economia do mundo. Uma leitura abaixo de 50 indica contração no mês anterior, enquanto que uma leitura acima de 50 demonstra expansão.

O indicador final ficou abaixo de 48,0, como apontado em relatório preliminar do HSBC para o PMI, apresentado em 23 de novembro. O índice preliminar baseia-se em 85% a 90% das respostas para o levantamento feito pelo HSBC.

"A pontuação final do PMI de novembro demonstra acentuada deterioração das condições de negócios no setor de manufatura da China", disse em comunicado o economista chefe do HSBC para a China, Hongbin Qu. "Combinado com o alívio mais rápido que o esperado da inflação, isso demonstra que o crescimento está definido para superar a inflação, que tem preocupado o governo chinês." As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;