Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Postos são obrigados a trocar nome do álcool por etanol



12/12/2009 | 07:00


Os postos de combustíveis do País terão de exibir o nome etanol, em vez de álcool, em todas as bombas, painéis e quaisquer peças visuais referentes ao combustível em até 270 dias, ou nove meses.

A obrigatoriedade consta em resolução da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), publicada ontem no Diário Oficial da União.

A medida vale para o etanol hidratado, utilizado no abastecimento dos veículos flex ou nos movidos exclusivamente pelo combustível, diferentemente do etanol anidro, que é misturado em 25% à gasolina e não é vendido em bombas.

A resolução altera ainda o artigo que determina sobre a coloração do etanol anidro em tom laranja, para diferenciá-lo do hidratado, incolor, e assim evitar a fraude chamada de álcool molhado.

Segundo a nova redação, os postos devem exibir adesivos com o logotipo da ANP com os seguintes dizeres em letras vermelhas em fundo branco: "Consumidor, este etanol combustível somente poderá ser comercializado se estiver límpido e incolor. Denúncias: 0800-900-267."

A iniciativa de alterar para etanol o nome nas bombas atende um pedido antigo dos usineiros, levado à ANP pela Unica (União da Indústria de Cana-de-açúcar).

A entidade, que representa usinas e destilarias do Centro-Sul do País, alegou que o nome álcool nas bombas era relacionado com o álcool consumido em bebidas alcoólicas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;