Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Auricchio anuncia abono a profissionais de educação

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Projeto será encaminhado para a Câmara já em fevereiro; repasse deverá somar R$ 26 milhões a 4.000 profissionais


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

27/01/2022 | 08:02


Prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB) vai retomar o pagamento de abono salarial para os profissionais de educação neste ano. A administração debate os ajustes finais na tabela que deverá ser apreciada pela Câmara já no próximo mês.

Conforme o Palácio da Cerâmica, o benefício deverá ser repassado a todos os 4.000 profissionais que atuam na rede de educação municipal A administração tucana avalia que os valores pagos serão de R$ 275 a R$ 1.000 ­ dependendo da função e das horas trabalhadas ­ e serão pagas em 12 parcelas, a partir do momento do aval do projeto pelo Poder Legislativo.

A gestão Auricchio calcula que o impacto financeiro total deverá ser de R$ 26 milhões, que já estão reservados para esta finalidade. Durante o ano de 2021, enquanto esteve governando interinamente o município, o presidente da Câmara, Tite Campanella (Cidadania), em meio à pandemia de Covid-19, se amparou na Lei Complementar 173, que versa sobre vedar aumento com gasto pessoal, para não conceder o benefício.

"O pagamento do abono é muito mais do que uma tradição. É um justo reconhecimento ao trabalho dos 4.000 profissionais da educação, que se dedicam a cuidar e a ensinar nossas crianças e adolescentes, contribuindo com o futuro de São Caetano. Profissional valorizado é profissional motivado, e tenho a certeza de que isso trará resultados muito positivos nesta volta às aulas, com ganhos no processo de ensino-aprendizagem", declarou o prefeito Auricchio ao Diário.

Para calcular o valor que seria repassado ao profissional de educação, a Prefeitura de São Caetano levou em consideração a recomposição da inflação dos valores que foram praticados em 2020, último ano em que a administração repassou o abono. À época, o Palácio da Cerâmica repassou R$ 250 até R$ 1.000 para o servidor de educação.

A administração de São Caetano tem olhado pelos profissionais de educação nos últimos anos. A gestão já demonstrou intenção de implementar plano de carreira para os funcionários do setor, por exemplo. Para isso, previu a possibilidade para que os educadores cumpram parte da jornada de trabalho fora da sala de aula visando atividades extraclasse, que a gestão julga ser essencial para a elaboração de tarefas, planejamento e aperfeiçoamento profissional. Havia também a possibilidade de realização de concurso público para a contratação de mais profissionais da área ainda neste ano.

CONVÊNIO MÉDICO

A Prefeitura também avalia abrir licitação para contratar nova empresa de convênio médico para os servidores. Segundo o prefeito José Auricchio Júnior, a ideia é a elaboração de edital já nos próximos dias. Atual prestadora de serviços, a Medical Health é alvo de diversas reclamações por parte dos servidores. Ao todo, o Executivo mantém aproximadamente 8.000 funcionários. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;