Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

TJ arquiva processo que investigava deputado Nishikawa por 'rachadinha'

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

11/03/2020 | 15:24


O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) acolheu parecer do MP (Ministério Público) e arquivou processo que investigava o deputado estadual por São Bernardo Coronel Nishikawa (PSL) por prática de ''''rachadinha'''' em seu gabinete.

Segundo decisão monocrática, proferida pelo desembargador Francisco Mota Ferraz de Arruda, o MP não comprovou indícios apontados na denúncia anônima que chegou à entidade no ano passado. Sendo assim, o Ministério Público pediu o arquivamento da denúncia.

Utilizando as redes sociais, o parlamentar declarou que ficou sabendo da denúncia através da imprensa e que ficou "muito abatido" durante grande parte do primeiro ano de mandato, que se iniciou em 2019.

“Investigações que foram feitas e até adiantamos provas dizendo que não tínhamos nada de tirar dinheiro de funcionário e dividir, principalmente com meus filhos. Fiquei muito chateado. Este ano, vamos começar um novo ano de muito trabalho”, alegou.

No dia 11 de julho de 2019, Ferraz de Arruda autorizou abertura de inquérito sobre denúncia levada à PGJ (Procuradoria-Geral da Justiça), de maneira anônima, sobre a suposta prática de ''''''''rachadinha'''''''' no escritório de Nishikawa. A investigação também recaiu em Walter Resende Filho, chefe de gabinete do deputado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

TJ arquiva processo que investigava deputado Nishikawa por 'rachadinha'

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

11/03/2020 | 15:24


O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) acolheu parecer do MP (Ministério Público) e arquivou processo que investigava o deputado estadual por São Bernardo Coronel Nishikawa (PSL) por prática de ''''rachadinha'''' em seu gabinete.

Segundo decisão monocrática, proferida pelo desembargador Francisco Mota Ferraz de Arruda, o MP não comprovou indícios apontados na denúncia anônima que chegou à entidade no ano passado. Sendo assim, o Ministério Público pediu o arquivamento da denúncia.

Utilizando as redes sociais, o parlamentar declarou que ficou sabendo da denúncia através da imprensa e que ficou "muito abatido" durante grande parte do primeiro ano de mandato, que se iniciou em 2019.

“Investigações que foram feitas e até adiantamos provas dizendo que não tínhamos nada de tirar dinheiro de funcionário e dividir, principalmente com meus filhos. Fiquei muito chateado. Este ano, vamos começar um novo ano de muito trabalho”, alegou.

No dia 11 de julho de 2019, Ferraz de Arruda autorizou abertura de inquérito sobre denúncia levada à PGJ (Procuradoria-Geral da Justiça), de maneira anônima, sobre a suposta prática de ''''''''rachadinha'''''''' no escritório de Nishikawa. A investigação também recaiu em Walter Resende Filho, chefe de gabinete do deputado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;