Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 15 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ambulante lamenta pouco movimento no 1º dia de desfiles em SP



14/02/2015 | 04:48


Com setores do Sambódromo quase vazios e arquibancadas com muitos lugares vagos, alguns ambulantes que vendem comida no Anhembi tiravam um cochilo em pleno desfile da Rosas de Ouro.

"É o quarto carnaval que trabalho aqui e costumo vender uns 200 sacos de pipoca. Nesse ano, vendi só umas 80 e não deve passar de 100 até o fim do dia", lamenta Aline Camargo, de 35 anos, que espera que o comércio seja melhor no sábado. "As escolas mais populares ficaram para o segundo dia. Acho que vai ter mais gente", afirma ela, citando Mocidade Alegre, Vai-Vai e Gaviões da Fiel.

De saída

Um secretário do governo Haddad também criticou o pouco movimento no primeiro dia de desfiles em São Paulo. "Acho isso aqui meio parado, prefiro carnaval de rua", afirmou um secretário, já de saída do Sambódromo, durante o desfile da Dragões da Real.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ambulante lamenta pouco movimento no 1º dia de desfiles em SP


14/02/2015 | 04:48


Com setores do Sambódromo quase vazios e arquibancadas com muitos lugares vagos, alguns ambulantes que vendem comida no Anhembi tiravam um cochilo em pleno desfile da Rosas de Ouro.

"É o quarto carnaval que trabalho aqui e costumo vender uns 200 sacos de pipoca. Nesse ano, vendi só umas 80 e não deve passar de 100 até o fim do dia", lamenta Aline Camargo, de 35 anos, que espera que o comércio seja melhor no sábado. "As escolas mais populares ficaram para o segundo dia. Acho que vai ter mais gente", afirma ela, citando Mocidade Alegre, Vai-Vai e Gaviões da Fiel.

De saída

Um secretário do governo Haddad também criticou o pouco movimento no primeiro dia de desfiles em São Paulo. "Acho isso aqui meio parado, prefiro carnaval de rua", afirmou um secretário, já de saída do Sambódromo, durante o desfile da Dragões da Real.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;