Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado promete para 2014 cadastro de atendidos por programas habitacionais

Nario Barbosa/20.01.2011/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Compromisso foi firmado ontem em seminário sobre o Sihisb, em São Bernardo


Camila Galvez
Do Diário do Grande ABC

10/08/2013 | 07:00


O governo do Estado irá viabilizar o cadastro integrado de atendidos por programas habitacionais até janeiro de 2014, segundo a secretária de Habitação de São Bernardo, Tássia Regino. O anúncio foi feito durante seminário sobre o Sihisb (Sistema de Informação de Habitação de Interesse Social de São Bernardo), realizado ontem.

Conforme Tássia, o cadastro é necessário para impedir que pessoas que foram beneficiadas por unidades habitacionais vedam o imóvel e se cadastrem novamente em programas de moradia popular. “Em São Bernardo conseguimos fazer o controle, mas se hoje alguém vende em Santo André, por exemplo, e vem para a cidade, não temos como saber. O cadastro unificado impediria essa irregularidade.”

O seminário reuniu representantes do Banco Mundial, da Secretaria de Estado da Habitação e da Secretaria Nacional de Habitação, além de técnicos de diversas cidades, inclusive de fora do Estado. O objetivo foi apresentar o Sihisb, implantado há um ano em São Bernardo, para gestores de outros municípios. O armazenamento de dados e a geração de informações, como indicadores sociais, análises espaciais e mapas, fazem do programa instrumento para o planejamento e o monitoramento da política habitacional.

Por meio do sistema, São Bernardo mapeou 265 assentamentos precários, sendo 60 núcleos habitacionais do tipo favela e 105 loteamentos irregulares. O modelo foi desenvolvido a partir do Habisp (Sistema de Informações para Habitação Social), da Capital. “O Sihisb serve para cidades menores e ajuda a otimizar o planejamento das prefeituras”, destaca Tássia.

As informações são divididas em quatro módulos, sendo que o primeiro reúne os principais dados sobre cada área mapeada e é aberto para consulta por meio do site www.sihisb.saobernardo.sp.gov.br. Os demais são fechados e apresentam fichas completas das áreas, cadastro de projetos e informações sobre renda abrigo.

O Banco Mundial anunciou ainda que levará a experiência do sistema para países da América Latina e da África. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;