Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Roberto Jefferson depõe na CPMI dos Correios na próxima 5ª


Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

28/06/2005 | 16:51


O presidente licenciado do PTB, deputado federal Roberto Jefferson (RJ), vai depor à CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) dos Correios na próxima quinta-feira, às 10h30. De acordo com o presidente da comissão, senador Delcídio Amaral (PT-MS), o depoimento do genro de Jefferson, Marcus Vinícius Ferreira, acontecerá em uma data a ser definida.

Em um vídeo divulgado a imprensa, o ex-diretor de Contratação dos Correios Maurício Marinho aparece recebendo R$ 3 mil e falando sobre um suposto esquema de corrupção na estatal envolvendo o PTB e o então presidente do partido, deputado Roberto Jefferson.

Em depoimento realizado na manhã desta terça-feira, Joel Santos Filho confirmou ter participado da gravação da fita em que Marinho disse que Jefferson "comandava" as operações dentro da estatal. No Conselho de Ética, Jefferson negou as acusações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Roberto Jefferson depõe na CPMI dos Correios na próxima 5ª

Do Diário OnLine
Com Agência Brasil

28/06/2005 | 16:51


O presidente licenciado do PTB, deputado federal Roberto Jefferson (RJ), vai depor à CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) dos Correios na próxima quinta-feira, às 10h30. De acordo com o presidente da comissão, senador Delcídio Amaral (PT-MS), o depoimento do genro de Jefferson, Marcus Vinícius Ferreira, acontecerá em uma data a ser definida.

Em um vídeo divulgado a imprensa, o ex-diretor de Contratação dos Correios Maurício Marinho aparece recebendo R$ 3 mil e falando sobre um suposto esquema de corrupção na estatal envolvendo o PTB e o então presidente do partido, deputado Roberto Jefferson.

Em depoimento realizado na manhã desta terça-feira, Joel Santos Filho confirmou ter participado da gravação da fita em que Marinho disse que Jefferson "comandava" as operações dentro da estatal. No Conselho de Ética, Jefferson negou as acusações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;