Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Usuário testa ligação entre trem e metrô


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

08/02/2008 | 07:05


Quinta-feira serviu como teste para a maioria dos moradores do Grande ABC que utilizam trem e metrô para chegar à região da Avenida Paulista. A interligação gratuita entre a Linha D da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e a Linha Verde do Metrô começou às 6h.

O sistema vai funcionar apenas nos horários de pico (confira aqui) e em dias úteis. São esperadas 2.500 pessoas diariamente utilizando a interligação, que será feita por meio de peruas do sistema Orca (Operadores Regionais de Transportes Urbanos) da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) pelas ruas da região do bairro Ipiranga, na Capital.

A viagem de perua entre as estações dura 15 minutos. Ontem, cerca de 350 pessoas experimentaram o sistema no período da manhã.

“É uma mudança que facilita muito a vida do morador do Grande ABC. Ele vai ganhar uma hora por dia. Isso não tem preço”, disso o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella.

Segundo o secretário, a interligação terá custo mensal de R$ 50 mil – verba que virá das bilheterias do Metrô. Esse seria o motivo de a interligação funcionar apenas em determinados horários.

“Não teríamos demanda para o dia inteiro”, disse Portella, afirmando ainda que o Estado não pode ficar injetando receita na operação diária do Metrô. Essa foi a justificativa que ele apresentou para o recente reajuste de tarifas, de R$ 2,30 para R$ 2,40. “Mas é um aumento inferior ao da inflação”, afirmou Portella.

VER PARA CRER

Ontem, na estação Alto do Ipiranga, os usuários cronometravam o tempo de viagem. “Ganhei apenas 10 minutos, mas compensa pelo conforto”, disse o assistente administrativo Diego Leina, 21 anos, morador de Santo André. “Ganhei tempo sim. Vou usar as peruas todos os dias”, afirmou Júlio César Sardinha, 31 anos, outro usuário.

O sistema Orca existe em três outras ligações entre Metrô e CPTM, mas é o primeiro a abranger a Linha D, que atende usuários de cinco cidades da região (as exceções são São Bernardo e Diadema).


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;