Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Troca de farpas nas reuniões em S.Caetano


Fabrício Calado Moreira
Do Diário do Grande ABC

03/07/2005 | 07:18


O fogo amigo quase incendiou as duas reuniões deste sábado no diretório do PT em São Caetano. De manhã, vereadores de cidades do Grande ABC compareceram ao ato de desagravo a Hamilton Lacerda, presidente da macroregião do PT, e chegaram a sugerir a expulsão de Horácio Neto da legenda. À tarde, na mesma sede, outros petistas decidiram pela elaboração de informativo apontando o que Horácio Neto define como “evidências que apontam para montagem de armação caluniosa” por parte de Lacerda.

Embora cada petista contasse uma versão para o racha do partido na cidade, ambos uniram-se na distribuição de farpas ao prefeito José Auricchio Júnior (PTB). A possibilidade de Lacerda assumir a Prefeitura caso o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) determine impugnação do mandato do atual chefe do Executivo também foi amplamente comentada nos dois eventos petistas.

Lacerda voltou a vincular a imagem do vereador Horácio Neto à do presidente licenciado do PTB, Roberto Jefferson (RJ). “O Neto passou de acusado a acusador, muito parecido com o Jefferson.” O vereador rebateu: “Além de ser um ato criminoso, a armação que ele (Hamilton) me preparou foi um erro político muito grave”.

Um dos discursos inflamados contra Neto foi o do vereador Tião Mateus, do PT de São Bernardo. “Ele teve comportamento medíocre ao levar uma discussão interna do partido para a tribuna da Câmara.” O vice-presidente do PT de São Caetano, Ricardo Rios, diz que “a hora é de limpar a casa” ao propôr a expulsão de Neto da legenda.

O debate pró-Horácio Neto atraiu petistas que estavam distantes do partido. Segundo o líder do PT na Câmara de São Caetano, os ‘distantes‘ foram se solidarizar com ele.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Troca de farpas nas reuniões em S.Caetano

Fabrício Calado Moreira
Do Diário do Grande ABC

03/07/2005 | 07:18


O fogo amigo quase incendiou as duas reuniões deste sábado no diretório do PT em São Caetano. De manhã, vereadores de cidades do Grande ABC compareceram ao ato de desagravo a Hamilton Lacerda, presidente da macroregião do PT, e chegaram a sugerir a expulsão de Horácio Neto da legenda. À tarde, na mesma sede, outros petistas decidiram pela elaboração de informativo apontando o que Horácio Neto define como “evidências que apontam para montagem de armação caluniosa” por parte de Lacerda.

Embora cada petista contasse uma versão para o racha do partido na cidade, ambos uniram-se na distribuição de farpas ao prefeito José Auricchio Júnior (PTB). A possibilidade de Lacerda assumir a Prefeitura caso o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) determine impugnação do mandato do atual chefe do Executivo também foi amplamente comentada nos dois eventos petistas.

Lacerda voltou a vincular a imagem do vereador Horácio Neto à do presidente licenciado do PTB, Roberto Jefferson (RJ). “O Neto passou de acusado a acusador, muito parecido com o Jefferson.” O vereador rebateu: “Além de ser um ato criminoso, a armação que ele (Hamilton) me preparou foi um erro político muito grave”.

Um dos discursos inflamados contra Neto foi o do vereador Tião Mateus, do PT de São Bernardo. “Ele teve comportamento medíocre ao levar uma discussão interna do partido para a tribuna da Câmara.” O vice-presidente do PT de São Caetano, Ricardo Rios, diz que “a hora é de limpar a casa” ao propôr a expulsão de Neto da legenda.

O debate pró-Horácio Neto atraiu petistas que estavam distantes do partido. Segundo o líder do PT na Câmara de São Caetano, os ‘distantes‘ foram se solidarizar com ele.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;