Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Metalúrgicos de MG e RS fazem protestos em solidariedade aos demitidos da Ford


Do Diário do Grande ABC

12/01/1999 | 08:36


Os 2,8 mil demitidos da Ford e os mais de três mil que mantiveram seus empregos voltaram a ocupar, nesta terça-feira, a fábrica, em Sao Bernardo. É o sétimo dia útil de ocupaçao pacífica. A Ford nao vai permitir que a linha de montagem entre em operaçao.

O coordenador da Comissao de Fábrica da empresa, Rafael Marques da Silva Júnior, informou que de todos os demitidos, pelo menos 100 já assinaram cartas de demissoes, contrariando orientaçao do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Segundo Rafael, a partir desta terça, o sindicato está passando pelos setores listas de presença. Com base nos dados sobre a freqüência dos empregados, a entidade terá melhores condiçoes de avaliar a mobilizaçao.

O presidente da Confederaçao Nacional dos Metalúrgicos da CUT, Heiguiberto Navarro, o "Guiba", disse que os metalúrgicos de vários Estados, especialmente de Minas Gerais e do Rio Grande do Sul, estao programando manifestaçoes de apoio aos demitidos da Ford. Uma das idéias dos sindicatos de outros Estados é promover protestos em revendedoras de veículos da marca Ford. As manifestaçoes estao previstas, inicialmente, para quinta e sexta-feiras. Nesta quarta-feira, no pátio da Ford, em Sao Bernardo, haverá a Ceia dos Demitidos.

Ainda nesta terça-feira, Luiz Marinho e Guiba Navarro, vao se encontrar nesta terça-feira com o governador de Minas Gerais, Itamar Franco, para pedir apoio contra as demissoes ocorridas na Ford.

Segundo Marinho, a intençao é colocar o tema do desemprego na pauta dos governadores. O presidente do sindicato também terá um encontro com o ministro do Trabalho, Francisco Dornelles, na quinta-feira. Sindicato e montadora têm uma nova reuniao de negociaçao para discutir a situaçao dos funcionários nesta tarde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;