Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo entrega quatro escolas


Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

08/02/2011 | 07:24


A Prefeitura de São Bernardo vai inaugurar quatro escolas até o fim deste mês, unidades que permitirão a criação de 3.199 vagas. O anúncio foi feito ontem, durante a entrega dos uniformes aos alunos da rede municipal, realizada na Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Nilo Campos, no Jardim Silvina.

O secretário adjunto de Educação, Rafael Cunha e Silva, afirmou que as unidades - duas creches e duas Emebs - serão entregues nos próximos três sábados, nos bairros Santo Inácio, duas unidades no Jardim Esmeralda e uma na Vila do Tanque.

Além disso, Rafael disse que seis creches devem ser construídas e entregues em 2012. "Vamos abrir processo licitatório e até meados de junho devemos iniciar as obras", apontou.

As unidades serão instaladas nos bairros Jardim Represa, Jardim Nazareth, Parque São Bernardo, Riacho Grande e duas no Ferrazópolis.

O município também será contemplado com sete unidades de CEUs (Centros Educacionais Unificados), que devem ser entregues até o fim do ano, conforme cronograma da administração.

Os centros vão ser construídos nos bairros Jardim Silvina, Parque Havaí, Três Marias e São Pedro. Sendo, a última, com quatro unidades. Ao todo serão atendidas 8.800 crianças com idades entre zero e 10 anos - 5.168 apenas no CEU Vila São Pedro.

O investimento previsto é de R$ 96 milhões na construção das unidades, sendo R$ 40 milhões do governo federal e R$ 56 milhões do município.

Com a construção de todas as unidades, a administração irá gerar 16 mil vagas, ao passo que o deficit da cidade é de 11.948. "Além de suprir a necessidade, estamos criando vagas a mais", afirma o prefeito Luiz Marinho (PT).

Outro investimento da administração são os 15 mil netbooks adquiridos e que serão utilizados pelos alunos do 2º ano do Ensino Fundamental ainda no primeiro semestre.

Os aparelhos foram comprados pela ata de preço do Ministério da Educação, que possibilita a compra dentro do Prouca (Pograma Um Computador por Aluno).

REFORMAS
Outra prioridade da administração são as reformas nas escolas. "Foi feito no início da gestão um levantamento de prioridades nas 182 unidades da rede. Estamos trabalhando para a realização dessas melhorias como, por exemplo, troca de telhado, rede elétrica, acessibilidade. A proposta é que até 2012 todas as escolas tenham recebido intervenções", explica Rafael.

Na Emeb Nilo Campos, que possui 590 alunos de 7 a 10 anos, entre as melhorias realizadas, estão revisão do telhado, pintura, acessibilidade no banheiro, construção de playground e troca da rede elétrica. O investimento foi de R$ 1,2 milhão.

Prefeitura garante uniformes até 2013

Cerca de 85 mil alunos da rede municipal de São Bernardo vão começar o ano letivo com os uniformes completos. A entrega começou ontem, durante a reunião de pais, e a administração garante que todos os alunos receberão os kits de verão e inverno nesta semana.

"Foi ótimo começar as aulas já com os uniformes, inclusive com os dois kits. Afinal nunca se sabe quando vai fazer frio ou calor. O uniforme é fundamental para a identificação e segurança do aluno", afirma a dona de casa Domingas Rodrigues de Jesus, 30 anos, mãe de um menino de 8 anos.

O prefeito Luiz Marinho (PT) afirma que o atraso do ano passado foi devido a um problema com o fornecedor, que não cumpriu o calendário de entrega. "Para evitarmos transtornos como esse, antecipamos a compra ano passado, e por isso garantimos a entrega já no início do ano letivo. Faremos o mesmo em 2012 e em 2013. Isso é a garantia de que os estudantes terão os uniformes."

A dona de casa Daniele Soares Furtado, 29, comemora a entrega. "Ano passado, como não sabia se haveria a entrega, acabei gastando com a mochila e ela ia com roupas de passeio. O uniforme é importante, porque muitos não têm recursos para esses gastos", afirma a mãe de uma menina de 7 anos.

O investimento na compra dos kits foi de R$ 12,7 milhões. Além do uniforme, a administração gastou cerca de R$ 7,5 milhões na compra de material escolar para a toda a rede, professor e aluno.

DEMAIS CIDADES
Em Diadema, a administração entregará os uniformes em março para os cerca de 35 mil alunos.

Em São Caetano, a Prefeitura realiza até o início de março a reposição de peças que rasgaram ou estão pequenas, além de fornecer para aqueles que estão ingressando na rede.

As prefeituras de Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não informaram sobre os uniformes.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;