Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

GCM de Santo André ganha 8 bases móveis

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Veículos foram conquistados junto ao governo federal e serão entregues nesta semana


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

01/09/2014 | 07:00


O patrulhamento feito pela GCM (Guarda Civil Municipal) de Santo André será reforçado com a chegada de oito bases móveis, conquistadas por meio de parceria com o Pronasci (Programa Nacional de Segurança e Cidadania), do governo federal. Segundo o secretário municipal de Segurança Pública Urbana e Trânsito, coronel José Luiz Martins Navarro, os veículos serão entregues ainda nesta semana. “Não temos data fechada porque dependemos de alguns acertos na adaptação dos carros, mas faremos esforço para entregar ainda nesta semana esse instrumento eficaz, que vem de encontro com o Estatuto Geral das Guardas Municipais, aprovado pela presidente Dilma Rousseff (PT)”, diz ele, destacando o marco regulatório das Guardas Municipais (PLC 39/2014) que confere poder de polícia às GCMs e foi sancionado no início de agosto.

Atualmente, a GCM andreense possui duas bases móveis, que não serão integradas às novas por estarem desgastadas devido ao tempo de uso.

De acordo com o secretário, os veículos serão utilizados em áreas onde os indicadores criminais estão mais acentuados. “Entre elas estão as regiões do Jardim Santo André, Parque João Ramalho e Estrada da Cata Preta, mas a gente trabalha com sistemas inteligentes e analisaremos os indicadores criminais para saber onde haverá a necessidade de colocar as bases”, explicou.

Navarro diz que o policiamento visará a proximidade com a sociedade. “Vamos estacionar as bases em alguns pontos para que a população saiba onde estarão localizadas e os guardas-civis farão o policiamento no entorno a pé, de viatura, bicicleta, adequando conforme as necessidades das regiões”, explicou, acrescentando: “As bases ficarão em pontos estratégicos. A gente não divulga antecipadamente o local para ter o efeito da prevenção imediata. O horário em que ficarão estacionadas dependerá de estudos técnicos. Vamos verificar qual o período em que a criminalidade naquela área é mais acentuada.”

A GCM de Santo André, composta por 660 guardas e 110 seguranças patrimoniais, tem representado apoio importante nas operações realizadas pelas polícias Civil e Militar. O secretário afirmou que, neste ano, a Romu (Ronda Ostensiva Municipal) – que faz o patrulhamento em motocicletas – atendeu 522 ocorrências, parte delas colaborando no combate ao tráfico de drogas. “Com essas bases que receberemos, a guarda poderá ajudar ainda mais nas demandas de segurança”, garante o secretário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;