Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Furacão enfrenta América de Cali na estréia do treinador Edinho



14/04/2005 | 11:47


O Atlético Paranaense tem jogo fundamental para suas pretensões na Copa Libertadores da América, nesta quinta-feira, às 21h15, em Curitiba, contra o América de Cali. Se vencer somará sete pontos e assumirá a segunda colocação, com três de vantagem sobre o terceiro colocado, o Independiente, também colombiano. O líder do grupo é o América, que está com nove e garante sua classificação se vencer o Atlético.

A grande dúvida é saber se os jogadores conseguirão assimilar as orientações do técnico Edinho, que foi apresentado ao elenco terça-feira e fez apenas um treinamento. Apesar dos mistérios, o mais provável é que o time tenha uma nova formação tática, com o retorno do esquema 4-4-2. Principalmente porque nos primeiros ensaios realizados sob o comando do técnico interino Lio Evaristo esse esquema foi testado.

Com a nova formação, o zagueiro Danilo deve ir para a reserva entrando Cocito como segundo volante. Com o retorno de Baloy na zaga, Marcão passa à lateral-esquerda. No ataque, a escalação de Maciel depende apenas de liberação do departamento médico, pois o jogador ainda sente dores musculares nas coxas. Se isso ocorrer, Dênis Marques, que tem sido um dos jogadores mais improdutivos nos últimos jogos, vai para o banco de reservas. Na lateral-direita, Jancarlos deve entrar em razão de Etto não estar registrado nessa competição.

Para Edinho, o importante no momento que antecede a partida é ter muita conversa com os jogadores, passando-lhes tranquilidade. “Temos de colocar apenas aquilo que os jogadores precisam ouvir. Nada de ficar inventando táticas mirabolantes”, disse. Para o técnico, mais do que o treinador, quem conhece os dois próximos adversários (América, pela Libertadores, e Coritiba na final do Paranaense, domingo) são os jogadores. “Temos os jogadores que conhecem nossos adversários e vamos recorrer a eles”, afirmou.

O presidente do clube, João Augusto Fleury da Rocha, acredita que Edinho tem tudo para estrear bem na equipe. “Ele (Edinho) tem o perfil do Atlético, que é um time jovem e necessita um técnico com a mesma mentalidade: jovem e vencedor. Acredito que ele vá estrear com uma boa vitória”, espera.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Furacão enfrenta América de Cali na estréia do treinador Edinho


14/04/2005 | 11:47


O Atlético Paranaense tem jogo fundamental para suas pretensões na Copa Libertadores da América, nesta quinta-feira, às 21h15, em Curitiba, contra o América de Cali. Se vencer somará sete pontos e assumirá a segunda colocação, com três de vantagem sobre o terceiro colocado, o Independiente, também colombiano. O líder do grupo é o América, que está com nove e garante sua classificação se vencer o Atlético.

A grande dúvida é saber se os jogadores conseguirão assimilar as orientações do técnico Edinho, que foi apresentado ao elenco terça-feira e fez apenas um treinamento. Apesar dos mistérios, o mais provável é que o time tenha uma nova formação tática, com o retorno do esquema 4-4-2. Principalmente porque nos primeiros ensaios realizados sob o comando do técnico interino Lio Evaristo esse esquema foi testado.

Com a nova formação, o zagueiro Danilo deve ir para a reserva entrando Cocito como segundo volante. Com o retorno de Baloy na zaga, Marcão passa à lateral-esquerda. No ataque, a escalação de Maciel depende apenas de liberação do departamento médico, pois o jogador ainda sente dores musculares nas coxas. Se isso ocorrer, Dênis Marques, que tem sido um dos jogadores mais improdutivos nos últimos jogos, vai para o banco de reservas. Na lateral-direita, Jancarlos deve entrar em razão de Etto não estar registrado nessa competição.

Para Edinho, o importante no momento que antecede a partida é ter muita conversa com os jogadores, passando-lhes tranquilidade. “Temos de colocar apenas aquilo que os jogadores precisam ouvir. Nada de ficar inventando táticas mirabolantes”, disse. Para o técnico, mais do que o treinador, quem conhece os dois próximos adversários (América, pela Libertadores, e Coritiba na final do Paranaense, domingo) são os jogadores. “Temos os jogadores que conhecem nossos adversários e vamos recorrer a eles”, afirmou.

O presidente do clube, João Augusto Fleury da Rocha, acredita que Edinho tem tudo para estrear bem na equipe. “Ele (Edinho) tem o perfil do Atlético, que é um time jovem e necessita um técnico com a mesma mentalidade: jovem e vencedor. Acredito que ele vá estrear com uma boa vitória”, espera.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;