Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Tensão marca estréia do Palmeiras


Leandro Laranjeira
Do Diário do Grande ABC

16/04/2006 | 12:13


A estréia do Palmeiras no Campeonato Brasileiro bem que poderia ser menos conturbada. Mas depois de ficar fora da disputa do título estadual e do tropeço em casa na Copa Libertadores, no meio de semana, diante do paraguaio Cerro Porteño, a situação ficou pesada nos lados de Palestra Itália. Para reverter o problema, só uma vitória diante da Ponte Preta, neste domingo, às 18h10, no Parque Antarctica, na estréia das equipes no Brasileirão 2006.

A seu favor, o time de Emerson Leão conta com uma invencibilidade de sete partidas diante da Macaca – a última derrota palmeirense aconteceu no Campeonato Brasileiro de 2002, que culminou com o rebaixamento do Verdão. Mas a equipe não quer saber de estatísticas. Para isso, Leão deve mandar a campo o que há de melhor à disposição no elenco.

Já a Ponte Preta, que conseguiu se livrar do rebaixamento no Campeonato Paulista, deve ter apenas um desfalque: o meia Élton, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo que levou na última rodada do Brasileirão do ano passado. O técnico Vadão já definiu Danilo em seu lugar.

O time de Campinas, porém, não deve ser o único adversário do Palmeiras na rodada de abertura do Nacional. O fator casa, que deveria ser favorável ao Verdão, tem sido um verdadeiro tormento na vida dos jogadores alviverdes. A pressão exercida pela torcida tem descontrolado e levado insegurança à equipe.

A derrota em casa para o Cerro Porteño, na última quinta-feira, pela Libertadores, parece ter sido a gota d‘água para a diretoria palmeirense. A briga generalizada entre os jogadores das duas equipes e as vaias da torcida fizeram os cartolas do clube levantarem a hipótese de o time não mandar mais jogos no Parque Antarctica. O Palmeiras é atualmente o time paulista que há mais tempo não conquista um título expressivo: desde 1999, quando venceu a Copa Libertadores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;