Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Soldado americano morre vítima de tiro acidental no Iraque


Da AFP

24/08/2003 | 11:25


Um soldado americano morreu no sábado devido a um disparo acidental, anunciou um porta-voz militar na capital iraquiana. "Um soldado do Terceiro Regimento da Cavalaria morreu devido a disparos não hostis", afirmou um porta-voz da coalizão anglo-americana, o sargento Mark Ingham, que não deu maiores detalhes.

"(O soldado) foi levado ao hospital de campanha nº 28, onde morreu. Uma investigação foi aberta", acrescentou.

Com este incidente, já são 79 os militares americanos que morreram no Iraque em acontecimentos paralelos às operações militares desde o dia 1º de maio, afirmou neste domingo um porta-voz americano, Anthony Reinoso, que citou estatísticas do Pentágono.

Desde esta data, pelo menos 64 militares também morreram em ataques da guerrilha iraquiana. As forças britânicas, que operam no sul do Iraque, perderam por sua vez dez soldados em situações parecidas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Soldado americano morre vítima de tiro acidental no Iraque

Da AFP

24/08/2003 | 11:25


Um soldado americano morreu no sábado devido a um disparo acidental, anunciou um porta-voz militar na capital iraquiana. "Um soldado do Terceiro Regimento da Cavalaria morreu devido a disparos não hostis", afirmou um porta-voz da coalizão anglo-americana, o sargento Mark Ingham, que não deu maiores detalhes.

"(O soldado) foi levado ao hospital de campanha nº 28, onde morreu. Uma investigação foi aberta", acrescentou.

Com este incidente, já são 79 os militares americanos que morreram no Iraque em acontecimentos paralelos às operações militares desde o dia 1º de maio, afirmou neste domingo um porta-voz americano, Anthony Reinoso, que citou estatísticas do Pentágono.

Desde esta data, pelo menos 64 militares também morreram em ataques da guerrilha iraquiana. As forças britânicas, que operam no sul do Iraque, perderam por sua vez dez soldados em situações parecidas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;