Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marcel Munhoz diz que candidatura à Assembleia precisará de aval do Paço

Anderson Silva/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apesar de pré-projeto a deputado estadual, vereador aguarda conversa com Auricchio


Humberto Domiciano
do Diário do Grande ABC

16/01/2018 | 07:00


Vereador mais votado de São Caetano em 2016, Marcel Munhoz (PPS) acredita que uma possível candidatura a deputado estadual dependerá de decisão da base de apoio do prefeito José Auricchio Júnior (PSDB).

Na visão do parlamentar, apesar de já ser pré-candidato, será necessária uma conversa do chefe do Executivo com o grupo de sustentação. “Ainda não falei com o prefeito e estamos aguardando um posicionamento para saber se teremos uma única candidatura ou se serão mais postulantes. Estou colocado como candidato por uma decisão da executiva estadual do PPS.”

Para Munhoz, o município tem boas possibilidades de ter um parlamentar no Legislativo paulista. “A cidade chega hoje a 130 mil eleitores e existe um potencial para elegermos um deputado. Será fundamental para conseguirmos emendas parlamentares e mais diálogo com o governo estadual.”

O popular-socialista aposta ainda em uma dobrada com o deputado federal Alex Manente (PPS). “O Alex é um parlamentar com excelente trânsito na região, já enviou emendas para São Caetano e é um nome que ajuda muito em uma eleição”, concluiu o vereador.

Nos bastidores políticos, especula-se que a chapa estadual do PPS deve contar com coligações com partidos como o PSB – que deve lançar o vice-governador Márcio França para o Palácio dos Bandeirantes – e o PRB.

O grupo político de Auricchio também analisa os nomes do vice-prefeito Beto Vidoski e do filho do chefe do Executivo, Thiago Auricchio (ambos do PSDB), embora o último não seja vontade do prefeito no momento.

O município de São Caetano está sem representação na Assembleia Legislativa desde 2006, quando Marquinho Tortorello (à época no PPS) cumpriu dois mandatos na Casa.

Nas eleições de 2014, o candidato da cidade que teve maior votação foi Cidão do Sindicato (SD), com 22.453 votos, dos quais 5.000 no município. Naquela ocasião, o atual prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), obteve 16.628 votos em São Caetano.

Já no pleito de 2010, o mais votado do município para deputado estadual foi Alex Manente, que registrou 10.040 votos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;