Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

TSE rejeita novo recurso de Pinheiro contra Auricchio

Por sete votos a zero, o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) rejeitou recurso da coligação do prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB),


Da Redação
Do Diário do Grande ABC

16/12/2016 | 07:00


Por sete votos a zero, o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) rejeitou recurso da coligação do prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), contra o aval ao registro de candidatura do prefeito eleito, José Auricchio Júnior (PSDB). Com isso, segue válida a vitória do tucano sobre o peemedebista – a diplomação de Auricchio, inclusive, acontece hoje, às 14h, no Fórum.

Pinheiro tenta enquadrar o adversário na Lei da Ficha Limpa, com base na rejeição das contas de 2012 do Palácio da Cerâmica, último ano de gestão do tucano. A Câmara de Vereadores chegou a manter a condenação do TCE (Tribunal de Contas do Estado), mas Auricchio, na Justiça comum, reverteu a decisão alegando que não teve amplo direito à defesa durante análise de sua contabilidade por parte do TCE.

No dia 28, o relator do caso no TSE, ministro Henrique Neves da Silva, havia publicado que a análise do episódio tinha de ser feita pelo plenário, optando por não expedir decisão monocrática.

Para tentar fortalecer a tese contra Auricchio, Pinheiro contratou o escritório do ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo (PT). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

TSE rejeita novo recurso de Pinheiro contra Auricchio

Por sete votos a zero, o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) rejeitou recurso da coligação do prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB),

Da Redação
Do Diário do Grande ABC

16/12/2016 | 07:00


Por sete votos a zero, o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) rejeitou recurso da coligação do prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), contra o aval ao registro de candidatura do prefeito eleito, José Auricchio Júnior (PSDB). Com isso, segue válida a vitória do tucano sobre o peemedebista – a diplomação de Auricchio, inclusive, acontece hoje, às 14h, no Fórum.

Pinheiro tenta enquadrar o adversário na Lei da Ficha Limpa, com base na rejeição das contas de 2012 do Palácio da Cerâmica, último ano de gestão do tucano. A Câmara de Vereadores chegou a manter a condenação do TCE (Tribunal de Contas do Estado), mas Auricchio, na Justiça comum, reverteu a decisão alegando que não teve amplo direito à defesa durante análise de sua contabilidade por parte do TCE.

No dia 28, o relator do caso no TSE, ministro Henrique Neves da Silva, havia publicado que a análise do episódio tinha de ser feita pelo plenário, optando por não expedir decisão monocrática.

Para tentar fortalecer a tese contra Auricchio, Pinheiro contratou o escritório do ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo (PT). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;