Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 15 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Antigo mercadão de S.Bernardo será demolido


Illenia Negrin
Do Diário do Grande ABC

19/06/2010 | 07:02


A Prefeitura de São Bernardo anunciou que vai iniciar na segunda-feira a demolição do prédio onde funcionava o antigo Mercado Municipal Central, localizado ao lado do Paço.

Segundo o secretário de Serviços Urbanos, José Cloves, a derrubada de toda a estrutura será feita por máquinas. "Acredito que em uma semana tenhamos demolido tudo e retirado o entulho", prevê.

Desativado desde janeiro 2003, o antigo mercadão se tranformou em ponto de prostituição, tráfico e consumo de drogas. Os cerca de 20 boxes foram arrombados e servem também de abrigo aos moradores de rua.

O prédio pertencia à Prefeitura e foi transferido ao Fuprem (Fundo de Previdência Municipal de São Bernardo) em janeiro de 2007, como parte do pagamento de dívidas. O instituto quis levar o imóvel, avaliado em mais de R$ 14 milhões, a leilão, mas a atual administração pediu prazo para decidir se havia interesse em readquir o patrimônio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Antigo mercadão de S.Bernardo será demolido

Illenia Negrin
Do Diário do Grande ABC

19/06/2010 | 07:02


A Prefeitura de São Bernardo anunciou que vai iniciar na segunda-feira a demolição do prédio onde funcionava o antigo Mercado Municipal Central, localizado ao lado do Paço.

Segundo o secretário de Serviços Urbanos, José Cloves, a derrubada de toda a estrutura será feita por máquinas. "Acredito que em uma semana tenhamos demolido tudo e retirado o entulho", prevê.

Desativado desde janeiro 2003, o antigo mercadão se tranformou em ponto de prostituição, tráfico e consumo de drogas. Os cerca de 20 boxes foram arrombados e servem também de abrigo aos moradores de rua.

O prédio pertencia à Prefeitura e foi transferido ao Fuprem (Fundo de Previdência Municipal de São Bernardo) em janeiro de 2007, como parte do pagamento de dívidas. O instituto quis levar o imóvel, avaliado em mais de R$ 14 milhões, a leilão, mas a atual administração pediu prazo para decidir se havia interesse em readquir o patrimônio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;