Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Britânica tentará ser a primeira mulher a fazer travessia solo rumo ao Pólo Norte


Da AFP

16/02/2007 | 18:27


Uma exploradora britânica deixou Londres com destino a Toronto, no Canadá, nesta sexta-feira, às vésperas de sua tentativa de se tornar a primeira mulher a fazer uma travessia solo rumo ao Pólo Norte.

Em 4 de março, Rosie Stancer, de 47 anos, tentará puxar dois trenós da Ilha Ward Hunt, no extremo norte do Canadá, a 770 km do congelado Oceano Ártico, rumo ao Pólo Norte, numa travessia que deverá levar 60 dias.

A exploradora precisará consumir quatro litros de líquidos e quase 6.000 calorias por dia enquanto caminhar, escalar e nadar rumo ao Pólo Norte geográfico.

Se for bem sucedida, ela baterá um recorde duplo, pois se tornará a primeira mulher a fazer travessias solo para os dois pólos. Em 2003-2004, Stancer fez uma travessia solo, em esquis e sem reabastecimento para o Pólo Sul.

Antes do embarque, no aeroporto londrino de Heatrhow, a exploradora disse se sentir "muito animada, determinada e preparada" para o desafio.

"Estou com grande expectativa na parte psicológica. Estar sozinha é parte do desafio, da aventura, porque (trata-se de uma superação) física, bem como psicológica e espiritual, e se está muito mais perto da natureza", acrescentou.

O príncipe Charles, da Grã-Bretanha, é o patrono da expedição de Stancer. O herdeiro do trono doou doces de sua propriedade em Highgrove para ajudá-la a concluir o desafio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Britânica tentará ser a primeira mulher a fazer travessia solo rumo ao Pólo Norte

Da AFP

16/02/2007 | 18:27


Uma exploradora britânica deixou Londres com destino a Toronto, no Canadá, nesta sexta-feira, às vésperas de sua tentativa de se tornar a primeira mulher a fazer uma travessia solo rumo ao Pólo Norte.

Em 4 de março, Rosie Stancer, de 47 anos, tentará puxar dois trenós da Ilha Ward Hunt, no extremo norte do Canadá, a 770 km do congelado Oceano Ártico, rumo ao Pólo Norte, numa travessia que deverá levar 60 dias.

A exploradora precisará consumir quatro litros de líquidos e quase 6.000 calorias por dia enquanto caminhar, escalar e nadar rumo ao Pólo Norte geográfico.

Se for bem sucedida, ela baterá um recorde duplo, pois se tornará a primeira mulher a fazer travessias solo para os dois pólos. Em 2003-2004, Stancer fez uma travessia solo, em esquis e sem reabastecimento para o Pólo Sul.

Antes do embarque, no aeroporto londrino de Heatrhow, a exploradora disse se sentir "muito animada, determinada e preparada" para o desafio.

"Estou com grande expectativa na parte psicológica. Estar sozinha é parte do desafio, da aventura, porque (trata-se de uma superação) física, bem como psicológica e espiritual, e se está muito mais perto da natureza", acrescentou.

O príncipe Charles, da Grã-Bretanha, é o patrono da expedição de Stancer. O herdeiro do trono doou doces de sua propriedade em Highgrove para ajudá-la a concluir o desafio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;