Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Consumidor de Mauá vai protestar contra tarifa


Renan Cacioli
Do Diário do Grande ABC

01/02/2006 | 07:36


Moradores do Parque das Américas, em Mauá, farão manifestação na próxima segunda-feira contra o aumento de 49,18% no preço das contas de água que começou a vigorar no município no mês passado. Segundo o vereador José Rogério Santana (PT), o objetivo da mobilização é “pressionar o governo para rever a política de tarifas de água em Mauá”.

“Dia 5 (de fevereiro), domingo, vence o pagamento das contas de janeiro. No dia seguinte, haverá uma mobilização na Praça 22 de Novembro, ao lado do Terminal Rodoviário. Temos a expectativa de reunir pelo menos duas mil pessoas”, afirmou Santana. “Não é para procurar culpados. Afinal de contas, a questão da água na cidade passa por quatro governos”, explicou o vereador. Ele refere-se às gestões de José Carlos Grecco (1993-1996), Osvaldo Dias (1997-2004), Diniz Lopes (2005) e Leonel Damo, este último empossado em 6 de dezembro do ano passado.

Uma das reivindicações feitas pelos moradores ao prefeito Leonel Damo é verificar a possibilidade jurídica de o governo revogar o decreto que estipulou o aumento nas contas de água. Ele foi assinado após a decisão judicial de setembro de 2005 que deu ganho de causa à Sabesp contra a Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), por conta da dívida de R$ 650 milhões que a autarquia tem com a estatal.

Desde então, ficou acertado que o metro cúbico da água vendida à Sama passasse de R$ 0,39 para R$ 0,65, o que provocou o reajuste de 49,18% nas contas de janeiro e as conseqüentes reclamações. “Nós já tivemos aumentos anteriores, mas nunca com essa repercussão. Nestas semanas, se você passar em frente à agência da Sama aqui no centro, observará filas todos os dias”, falou Santana.

Explicações – Na segunda-feira, o prefeito Leonel Damo esteve presente no encontro promovido pelo parlamentar junto com a Comissão de Moradores do Parque das Américas, onde explicou os motivos que levaram ao reajuste de 49,18% nas contas de janeiro. Também participaram do evento Marilda Aparecida Pagano, representante da Ecosama – empresa que faz a medição de água e é responsável pela rede de esgoto da cidade –, e José Carlos Orosco, superintendente da Sama.

Orosco disse que o prefeito sugeriu montar uma comissão de moradores com gente ligada à Prefeitura e à Sama para tratar do assunto. “Essa comissão vai integrar o meu trabalho junto a Sabesp e nos acompanhar em alguns eventos, sempre municiada de informações para que depois sejam repassadas às suas comunidades”, explicou o superintendente. Segundo ele Damo adiantou nesta terça o decreto criando a comissão poderá ser assinado ainda nesta quarta, sendo um de seus representantes o secretário de Obras Públicas, Admir Jacomussi.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Consumidor de Mauá vai protestar contra tarifa

Renan Cacioli
Do Diário do Grande ABC

01/02/2006 | 07:36


Moradores do Parque das Américas, em Mauá, farão manifestação na próxima segunda-feira contra o aumento de 49,18% no preço das contas de água que começou a vigorar no município no mês passado. Segundo o vereador José Rogério Santana (PT), o objetivo da mobilização é “pressionar o governo para rever a política de tarifas de água em Mauá”.

“Dia 5 (de fevereiro), domingo, vence o pagamento das contas de janeiro. No dia seguinte, haverá uma mobilização na Praça 22 de Novembro, ao lado do Terminal Rodoviário. Temos a expectativa de reunir pelo menos duas mil pessoas”, afirmou Santana. “Não é para procurar culpados. Afinal de contas, a questão da água na cidade passa por quatro governos”, explicou o vereador. Ele refere-se às gestões de José Carlos Grecco (1993-1996), Osvaldo Dias (1997-2004), Diniz Lopes (2005) e Leonel Damo, este último empossado em 6 de dezembro do ano passado.

Uma das reivindicações feitas pelos moradores ao prefeito Leonel Damo é verificar a possibilidade jurídica de o governo revogar o decreto que estipulou o aumento nas contas de água. Ele foi assinado após a decisão judicial de setembro de 2005 que deu ganho de causa à Sabesp contra a Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), por conta da dívida de R$ 650 milhões que a autarquia tem com a estatal.

Desde então, ficou acertado que o metro cúbico da água vendida à Sama passasse de R$ 0,39 para R$ 0,65, o que provocou o reajuste de 49,18% nas contas de janeiro e as conseqüentes reclamações. “Nós já tivemos aumentos anteriores, mas nunca com essa repercussão. Nestas semanas, se você passar em frente à agência da Sama aqui no centro, observará filas todos os dias”, falou Santana.

Explicações – Na segunda-feira, o prefeito Leonel Damo esteve presente no encontro promovido pelo parlamentar junto com a Comissão de Moradores do Parque das Américas, onde explicou os motivos que levaram ao reajuste de 49,18% nas contas de janeiro. Também participaram do evento Marilda Aparecida Pagano, representante da Ecosama – empresa que faz a medição de água e é responsável pela rede de esgoto da cidade –, e José Carlos Orosco, superintendente da Sama.

Orosco disse que o prefeito sugeriu montar uma comissão de moradores com gente ligada à Prefeitura e à Sama para tratar do assunto. “Essa comissão vai integrar o meu trabalho junto a Sabesp e nos acompanhar em alguns eventos, sempre municiada de informações para que depois sejam repassadas às suas comunidades”, explicou o superintendente. Segundo ele Damo adiantou nesta terça o decreto criando a comissão poderá ser assinado ainda nesta quarta, sendo um de seus representantes o secretário de Obras Públicas, Admir Jacomussi.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;