Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vilão, Ailton não deve ter contrato renovado



23/10/2007 | 07:08


Ailton está com seus dias contados no Corinthians. O meia de 30 anos que cometeu o pênalti infantil contra o Náutico não terá o seu contrato renovado ao final do ano. Ele não tem agradado a pessoas importantes no Parque São Jorge. Primeiro pela sua péssima forma física como chegou ao Corinthians.

Depois, a expulsão boba contra o Fluminense, que o mandou para a reserva. Por fim, o pênalti nos Aflitos. Ailton ainda tem contrato com o time mexicano do San Luis, que o deseja de volta.

O Corinthians só cogitaria ficar com ele se não tivesse de pagar nada por seu futebol. “Hoje sou o mau dos filmes (queria dizer vilão). Quando dei passes para os gols e ajudei a ganhar alguns pontos era o bonzinho. Agora não sirvo para nada. Mas futebol brasileiro é assim”, disse o meia  nesta segunda-feira no desembarque do Timão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vilão, Ailton não deve ter contrato renovado


23/10/2007 | 07:08


Ailton está com seus dias contados no Corinthians. O meia de 30 anos que cometeu o pênalti infantil contra o Náutico não terá o seu contrato renovado ao final do ano. Ele não tem agradado a pessoas importantes no Parque São Jorge. Primeiro pela sua péssima forma física como chegou ao Corinthians.

Depois, a expulsão boba contra o Fluminense, que o mandou para a reserva. Por fim, o pênalti nos Aflitos. Ailton ainda tem contrato com o time mexicano do San Luis, que o deseja de volta.

O Corinthians só cogitaria ficar com ele se não tivesse de pagar nada por seu futebol. “Hoje sou o mau dos filmes (queria dizer vilão). Quando dei passes para os gols e ajudei a ganhar alguns pontos era o bonzinho. Agora não sirvo para nada. Mas futebol brasileiro é assim”, disse o meia  nesta segunda-feira no desembarque do Timão.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;