Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Paraguai e Peru também estréiam sem os melhores


Das Agências

12/07/2001 | 00:30


Paraguaios e peruanos, como todas equipes que estão na Colômbia, sofreram com desfalques de suas estrelas. Chilavert, Arce, Gamarra, Ayala e Roque Santa Cruz não defendem a seleção paraguaia e o Peru se ressente da falta de Miguel Miranda e Palácios, desfalques de última hora, além de lamentar a intransigência do Bayern de Munique em liberar o artilheiro Claudio Pizarro.

Sérgio Markarián, do Paraguai, e Júlio César Uribe, peruano, recorreram à mesma solução em busca de uma atuação digna na Copa América. Trouxeram um time jovem, reforçado por alguns veteranos. Uribe não esconde que veio iniciar um processo no Peru, formando jogadores para o futuro. Markarián fala em título. “Somos candidatos ao título. Aceito que não estamos com nosso time mais forte, mas nossa posição no futebol da América nos obriga a fazer um bom trabalho e a lutar pelo título”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paraguai e Peru também estréiam sem os melhores

Das Agências

12/07/2001 | 00:30


Paraguaios e peruanos, como todas equipes que estão na Colômbia, sofreram com desfalques de suas estrelas. Chilavert, Arce, Gamarra, Ayala e Roque Santa Cruz não defendem a seleção paraguaia e o Peru se ressente da falta de Miguel Miranda e Palácios, desfalques de última hora, além de lamentar a intransigência do Bayern de Munique em liberar o artilheiro Claudio Pizarro.

Sérgio Markarián, do Paraguai, e Júlio César Uribe, peruano, recorreram à mesma solução em busca de uma atuação digna na Copa América. Trouxeram um time jovem, reforçado por alguns veteranos. Uribe não esconde que veio iniciar um processo no Peru, formando jogadores para o futuro. Markarián fala em título. “Somos candidatos ao título. Aceito que não estamos com nosso time mais forte, mas nossa posição no futebol da América nos obriga a fazer um bom trabalho e a lutar pelo título”.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;