Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Aracruz confirma venda da Guaíba por US$ 1,4 bi



23/10/2009 | 07:00


O conselho de administração da Aracruz autorizou na noite de quarta-feira a venda da unidade Guaíba para a chilena CMPC. O valor foi mantido em US$ 1,43 bilhão, como constava no memorando de entendimentos assinado em 22 de setembro. Pelo acordo, a CMPC teria até 90 dias de exclusividade na negociação.

A previsão é que o valor será pago em duas parcelas: a primeira de US$ 1 bilhão na data da conclusão da negociação, prevista para 15 de dezembro, e a segunda de US$ 430 milhões dali a 45 dias, corrigida à taxa de 7,5% a.A.

Os ativos compreendem uma fábrica de celulose com capacidade de produção de cerca de 450 mil toneladas anuais, uma fábrica de papel com 60 mil t/ano de capacidade, terrenos (212 mil hectares), licenças e autorizações para um projeto de expansão da capacidade de celulose para cerca de 1.750 mil toneladas.

HISTÓRICO - Controlada pela Aracruz desde julho de 2003, a unidade está localizada em área de 106 hectares na cidade de Guaíba, região metropolitana de Porto Alegre e seus produtos são exportados para mais de 30 países.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Aracruz confirma venda da Guaíba por US$ 1,4 bi


23/10/2009 | 07:00


O conselho de administração da Aracruz autorizou na noite de quarta-feira a venda da unidade Guaíba para a chilena CMPC. O valor foi mantido em US$ 1,43 bilhão, como constava no memorando de entendimentos assinado em 22 de setembro. Pelo acordo, a CMPC teria até 90 dias de exclusividade na negociação.

A previsão é que o valor será pago em duas parcelas: a primeira de US$ 1 bilhão na data da conclusão da negociação, prevista para 15 de dezembro, e a segunda de US$ 430 milhões dali a 45 dias, corrigida à taxa de 7,5% a.A.

Os ativos compreendem uma fábrica de celulose com capacidade de produção de cerca de 450 mil toneladas anuais, uma fábrica de papel com 60 mil t/ano de capacidade, terrenos (212 mil hectares), licenças e autorizações para um projeto de expansão da capacidade de celulose para cerca de 1.750 mil toneladas.

HISTÓRICO - Controlada pela Aracruz desde julho de 2003, a unidade está localizada em área de 106 hectares na cidade de Guaíba, região metropolitana de Porto Alegre e seus produtos são exportados para mais de 30 países.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;