Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com Ricardo Gomes, S.Paulo busca recomeço


André Battistini
Especial para o Diário

27/06/2009 | 07:00


Um recomeço. É assim que os jogadores do São Paulo encaram a partida de hoje (16h10), contra o Náutico, no Estádio do Morumbi, na estreia do técnico Ricardo Gomes. Sem vencer há quatro jogos, e após a derrota (3 a 1) no clássico para o Corinthians, o time quer dar um basta na crise e engrenar no Brasileiro.

Esse é também o pensamento de Ricardo Gomes, que em seu primeiro jogo à frente da equipe cobra um resultado positivo. "Precisamos dar uma resposta imediata e tentar a recuperação mais rápido que no ano passado", comentou.

O treinador, no entanto, tem problemas para escalar o Tricolor e não conta com o zagueiro André Dias, suspenso, e com o atacante Dagoberto, fora por causa de dores musculares. Por outro lado, o atacante Washington e o volante Zé Luís, que não participaram do clássico contra o Corinthias, estão à disposição.

Para o meia Hernanes, o adversário de hoje traz boas lembranças. Em 2008, o jogador voltava frustrado de Pequim por ter conquistado apenas a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos, e tinha pela frente o Náutico.

A partida terminou 1 a 0 para o Tricolor, gol de Hernanes nos acréscimos, e o resultado colocou o time pela primeira vez no G-4, isso na 29ª rodada, marcando a arrancada final para o título.

"A minha atuação naquele jogo me fez ver que estava no caminho certo. Para mim foi um divisor de águas porque comecei a chamar mais a responsabilidade", afirmou o meia, que retorna ao time titular.

O Náutico entra em campo querendo aumentar a crise no São Paulo. Após cumprir suspensão, o técnico Márcio Bittencourt volta a comandar o time no banco de reservas, porém não conta com o atacante Carlinhos Bala, um dos principais jogadores da equipe, suspenso.

(com Agências)

(Supervisão Angelo Verotti)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com Ricardo Gomes, S.Paulo busca recomeço

André Battistini
Especial para o Diário

27/06/2009 | 07:00


Um recomeço. É assim que os jogadores do São Paulo encaram a partida de hoje (16h10), contra o Náutico, no Estádio do Morumbi, na estreia do técnico Ricardo Gomes. Sem vencer há quatro jogos, e após a derrota (3 a 1) no clássico para o Corinthians, o time quer dar um basta na crise e engrenar no Brasileiro.

Esse é também o pensamento de Ricardo Gomes, que em seu primeiro jogo à frente da equipe cobra um resultado positivo. "Precisamos dar uma resposta imediata e tentar a recuperação mais rápido que no ano passado", comentou.

O treinador, no entanto, tem problemas para escalar o Tricolor e não conta com o zagueiro André Dias, suspenso, e com o atacante Dagoberto, fora por causa de dores musculares. Por outro lado, o atacante Washington e o volante Zé Luís, que não participaram do clássico contra o Corinthias, estão à disposição.

Para o meia Hernanes, o adversário de hoje traz boas lembranças. Em 2008, o jogador voltava frustrado de Pequim por ter conquistado apenas a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos, e tinha pela frente o Náutico.

A partida terminou 1 a 0 para o Tricolor, gol de Hernanes nos acréscimos, e o resultado colocou o time pela primeira vez no G-4, isso na 29ª rodada, marcando a arrancada final para o título.

"A minha atuação naquele jogo me fez ver que estava no caminho certo. Para mim foi um divisor de águas porque comecei a chamar mais a responsabilidade", afirmou o meia, que retorna ao time titular.

O Náutico entra em campo querendo aumentar a crise no São Paulo. Após cumprir suspensão, o técnico Márcio Bittencourt volta a comandar o time no banco de reservas, porém não conta com o atacante Carlinhos Bala, um dos principais jogadores da equipe, suspenso.

(com Agências)

(Supervisão Angelo Verotti)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;