Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

África do Sul inicia teste para o Mundial


Lucas Tieppo
Especial para o Diário

14/06/2009 | 08:20


A Seleção Brasileira inicia amanhã, na África do Sul, a luta pelo terceiro título na Copa das Confederações. A competição, que começa hoje com dois confrontos pelo Grupo A, é preparatória para a Copa do Mundo de 2010, no país africano. Às 11h, os donos da casa enfrentam os iraquianos, em Johannesburgo. Às 15h30, a Nova Zelândia encara a Espanha, em Rustenburgo.

A anfitriã África do Sul é dirigida pelo técnico brasileiro Joel Santana. O Iraque - representante da Ásia - retorna aos torneios internacionais, enquanto a Nova Zelândia tenta elevar o nome da Oceania. A favorita da chave é a Espanha, atual campeã europeia, e, ao lado de brasileiros e italianos, uma das grandes favoritas ao título.

A Espanha, que não contará com o volante brasileiro - naturalizado espanhol - Marcos Senna e o meia Iniesta, desponta como favorita a conquistar o primeiro lugar da primeira fase. África do Sul, Iraque e Nova Zelândia brigarão pela segunda colocação da chave.

O time do técnico Dunga está no Grupo B, ao lado de Itália, atual campeã mundial, Estados Unidos, representante da América do Norte, e Egito, atual campeão africano.

Brasil e Itália dividem as atenções e apostas de quem chegará na primeira colocação. A trajetória da Seleção Brasileira terá início amanhã, no confronto com a seleção do Egito, às 11h, na cidade de Bloemfontein. A seleção egípcia não contará com um de seus principais jogadores, o atacante Amr Zaki. O artilheiro de 26 anos, que na última temporada defendeu o Wigan, da Inglaterra, sofreu contusão na coxa e acabou cortado.

Na quinta-feira, os brasileiros terão pela frente os Estados Unidos, também às 11h, na cidade de Pretória.

O confronto mais aguardado da equipe de Dunga pela fase de grupos será no domingo, às 15h30, também em Pretória. Brasil e Itália, as duas últimas seleções a conquistar a Copa do Mundo, enfrentam-se provavelmente pelo primeiro lugar. Egito e Estados Unidos terão a difícil missão de surpreender os favoritos.

Dunga levou para a competição na África os mesmos 23 jogadores que estavam à disposição nos jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2010.

Na última Copa das Confederações, disputada em 2005, na Alemanha, a Seleção Brasileira, então dirigida por Carlos Alberto Parreira, encantou com o chamado quarteto mágico, formado pelos meias Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Robinho e Adriano e conquistou o título ao bater a Argentina na final, por 4 a 1, com gols de Adriano (dois), Kaká e Ronaldinho Gaúcho. (Supervisão Angelo Verotti)

Joel Santana quer torcida vibrante com a sua seleção

O técnico da África do Sul, Joel Santana, afirmou que espera ver a torcida nacional vibrando hoje, na partida de estreia da seleção da casa contra o Iraque, na abertura da Copa das Confederações.

"Queremos que vibrem bastante conosco. A torcida aqui é um espetáculo à parte, é uma questão de liberar energias positivas", salientou o comandante brasileiro.

"Tivemos alguns momentos difíceis, nossa equipe não trabalhou sempre como pretendíamos, mas (os jogadores) estão fazendo um esforço enorme e este será um teste muito importante para ver o que podemos fazer na Copa do Mundo do ano que vem", destacou Joel Santana.

"Há muitas expectativas, como as de um anfitrião antes de uma festa. Este é um momento importante para a África e queremos jogar bem por este país", disse o treinador.

"Todos os meus jogadores estão bem. Houve alguns problemas esta manhã, mas nada sério. Estamos prontos e queremos que comece logo", completou Joel Santana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

África do Sul inicia teste para o Mundial

Lucas Tieppo
Especial para o Diário

14/06/2009 | 08:20


A Seleção Brasileira inicia amanhã, na África do Sul, a luta pelo terceiro título na Copa das Confederações. A competição, que começa hoje com dois confrontos pelo Grupo A, é preparatória para a Copa do Mundo de 2010, no país africano. Às 11h, os donos da casa enfrentam os iraquianos, em Johannesburgo. Às 15h30, a Nova Zelândia encara a Espanha, em Rustenburgo.

A anfitriã África do Sul é dirigida pelo técnico brasileiro Joel Santana. O Iraque - representante da Ásia - retorna aos torneios internacionais, enquanto a Nova Zelândia tenta elevar o nome da Oceania. A favorita da chave é a Espanha, atual campeã europeia, e, ao lado de brasileiros e italianos, uma das grandes favoritas ao título.

A Espanha, que não contará com o volante brasileiro - naturalizado espanhol - Marcos Senna e o meia Iniesta, desponta como favorita a conquistar o primeiro lugar da primeira fase. África do Sul, Iraque e Nova Zelândia brigarão pela segunda colocação da chave.

O time do técnico Dunga está no Grupo B, ao lado de Itália, atual campeã mundial, Estados Unidos, representante da América do Norte, e Egito, atual campeão africano.

Brasil e Itália dividem as atenções e apostas de quem chegará na primeira colocação. A trajetória da Seleção Brasileira terá início amanhã, no confronto com a seleção do Egito, às 11h, na cidade de Bloemfontein. A seleção egípcia não contará com um de seus principais jogadores, o atacante Amr Zaki. O artilheiro de 26 anos, que na última temporada defendeu o Wigan, da Inglaterra, sofreu contusão na coxa e acabou cortado.

Na quinta-feira, os brasileiros terão pela frente os Estados Unidos, também às 11h, na cidade de Pretória.

O confronto mais aguardado da equipe de Dunga pela fase de grupos será no domingo, às 15h30, também em Pretória. Brasil e Itália, as duas últimas seleções a conquistar a Copa do Mundo, enfrentam-se provavelmente pelo primeiro lugar. Egito e Estados Unidos terão a difícil missão de surpreender os favoritos.

Dunga levou para a competição na África os mesmos 23 jogadores que estavam à disposição nos jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2010.

Na última Copa das Confederações, disputada em 2005, na Alemanha, a Seleção Brasileira, então dirigida por Carlos Alberto Parreira, encantou com o chamado quarteto mágico, formado pelos meias Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Robinho e Adriano e conquistou o título ao bater a Argentina na final, por 4 a 1, com gols de Adriano (dois), Kaká e Ronaldinho Gaúcho. (Supervisão Angelo Verotti)

Joel Santana quer torcida vibrante com a sua seleção

O técnico da África do Sul, Joel Santana, afirmou que espera ver a torcida nacional vibrando hoje, na partida de estreia da seleção da casa contra o Iraque, na abertura da Copa das Confederações.

"Queremos que vibrem bastante conosco. A torcida aqui é um espetáculo à parte, é uma questão de liberar energias positivas", salientou o comandante brasileiro.

"Tivemos alguns momentos difíceis, nossa equipe não trabalhou sempre como pretendíamos, mas (os jogadores) estão fazendo um esforço enorme e este será um teste muito importante para ver o que podemos fazer na Copa do Mundo do ano que vem", destacou Joel Santana.

"Há muitas expectativas, como as de um anfitrião antes de uma festa. Este é um momento importante para a África e queremos jogar bem por este país", disse o treinador.

"Todos os meus jogadores estão bem. Houve alguns problemas esta manhã, mas nada sério. Estamos prontos e queremos que comece logo", completou Joel Santana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;