Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Geninho já esboça São Caetano ideal

Técnico muda ataque e confirma Jobson como titular diante do Bragantino, hoje, no Anacleto


Marco Borba
do Diário do Grande ABC

16/02/2013 | 07:00


O time dos sonhos de Geninho começa a ganhar forma no confronto com o Bragantino, hoje, às 19h30, no Anacleto Campanella, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Por conta da necessidade de vitória, ele mexeu no time e confirmou Jobson entre os titulares.Geninho deixou de lado o tradicional jogo de esconde da maioria dos treinadores e sacou Vandinho para a entrada do ex-botafoguense, que vai atuar ao lado de Danielzinho. Ailton vai compor o meio com Rivaldo - Eder volta para a reserva - e Adriano formará a dupla de zaga com Gabriel. Expulso contra o Corinthians, Eli Sabiá cumpre suspensão automática. "Não sou de fechar treinos, tentar enganar a imprensa. Não é assim que se ganha jogo. E quanto às mudanças vou procurar ser sempre honesto com os jogadores. Prego a igualdade e vou premiar pelo desempenho", disse o técnico ao justificar as alterações.O novo arranjo deixa a equipe mais solta na criação, já que Ailton e Rivaldo são meias mais armadores. Esse vinha sendo um dos problemas do Azulão, que não conseguia criar. Tal performance melhorou, avalia Geninho, sobretudo no segundo tempo do confronto com o Corinthians, após a entrada de Ailton no lugar de Eder. Apesar dos avanços no que se refere ao posicionamento defensivo e à performance ofensiva, Geninho analisa que a equipe ainda precisa melhorar o rendimento para buscar a segunda vitória no Paulistão. "O time cresceu contra o Corinthians, mas a vitória ainda não veio. Gostei do que vi, da atitude, mas não posso ficar na mesmice."O São Caetano só venceu na estreia, diante do Atlético Sorocaba - vem de três derrotas, dois empates - e busca os primeiros três pontos sob o comando de Geninho. A equipe tem uma partida a menos, porque em razão da participação do São Paulo na Libertadores, o duelo entre os times, pela segunda rodada, foi transferido para quarta-feira, dia 20.Ciente de que a bola aérea é uma das armas do Bragantino, o treinador orientou treinos específicos com a defesa ontem à tarde.

Pernambucanos comandam o meio
Uma dupla de ex-são-paulinos vai comandar o meio campo do São Caetano no confronto com o Bragantino. Um é Ailton e o outro, Rivaldo. Em comum, têm o fato de serem pernambucanos. O primeiro passou pelo Tricolor na década de 1990 e o pentacampeão, em 2011.

Ailton completa três anos de casa na metade deste ano e comemora o fato de novamente ter a oportunidade de dar sequência nos jogos, já que nas duas últimas temporadas teve altos e baixos e ainda sofreu com contusões.

Por já ter enfrentado o Bragantino sete vezes desde que chegou ao Azulão, Ailton fala com propriedade sobre o que representa o adversário. “É um time chato, que marca forte e usa muito a bola aérea. Mas o Geninho já nos orientou bastante e estamos preparados”, afirmou.

O jogador deu a receita para o time espantar a síndrome que o tem atormentado nos últimos tempos em casa: trava em campo e é surpreendido. “Não tem outra alternativa. Temos de mudar nossa atitude e jogar com calma para chegarmos ao gol. Às vezes, somos muito afoitos. Ficamos atrás e os adversários jogam no nosso erro. E depois, quando tomamos o gol, não temos paciência para reverter a situação.” O histórico aponta para leve superioridade do Azulão nos confrontos. Em 19 jogos, venceu nove, perdeu seis e empatou quatro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Geninho já esboça São Caetano ideal

Técnico muda ataque e confirma Jobson como titular diante do Bragantino, hoje, no Anacleto

Marco Borba
do Diário do Grande ABC

16/02/2013 | 07:00


O time dos sonhos de Geninho começa a ganhar forma no confronto com o Bragantino, hoje, às 19h30, no Anacleto Campanella, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Por conta da necessidade de vitória, ele mexeu no time e confirmou Jobson entre os titulares.Geninho deixou de lado o tradicional jogo de esconde da maioria dos treinadores e sacou Vandinho para a entrada do ex-botafoguense, que vai atuar ao lado de Danielzinho. Ailton vai compor o meio com Rivaldo - Eder volta para a reserva - e Adriano formará a dupla de zaga com Gabriel. Expulso contra o Corinthians, Eli Sabiá cumpre suspensão automática. "Não sou de fechar treinos, tentar enganar a imprensa. Não é assim que se ganha jogo. E quanto às mudanças vou procurar ser sempre honesto com os jogadores. Prego a igualdade e vou premiar pelo desempenho", disse o técnico ao justificar as alterações.O novo arranjo deixa a equipe mais solta na criação, já que Ailton e Rivaldo são meias mais armadores. Esse vinha sendo um dos problemas do Azulão, que não conseguia criar. Tal performance melhorou, avalia Geninho, sobretudo no segundo tempo do confronto com o Corinthians, após a entrada de Ailton no lugar de Eder. Apesar dos avanços no que se refere ao posicionamento defensivo e à performance ofensiva, Geninho analisa que a equipe ainda precisa melhorar o rendimento para buscar a segunda vitória no Paulistão. "O time cresceu contra o Corinthians, mas a vitória ainda não veio. Gostei do que vi, da atitude, mas não posso ficar na mesmice."O São Caetano só venceu na estreia, diante do Atlético Sorocaba - vem de três derrotas, dois empates - e busca os primeiros três pontos sob o comando de Geninho. A equipe tem uma partida a menos, porque em razão da participação do São Paulo na Libertadores, o duelo entre os times, pela segunda rodada, foi transferido para quarta-feira, dia 20.Ciente de que a bola aérea é uma das armas do Bragantino, o treinador orientou treinos específicos com a defesa ontem à tarde.

Pernambucanos comandam o meio
Uma dupla de ex-são-paulinos vai comandar o meio campo do São Caetano no confronto com o Bragantino. Um é Ailton e o outro, Rivaldo. Em comum, têm o fato de serem pernambucanos. O primeiro passou pelo Tricolor na década de 1990 e o pentacampeão, em 2011.

Ailton completa três anos de casa na metade deste ano e comemora o fato de novamente ter a oportunidade de dar sequência nos jogos, já que nas duas últimas temporadas teve altos e baixos e ainda sofreu com contusões.

Por já ter enfrentado o Bragantino sete vezes desde que chegou ao Azulão, Ailton fala com propriedade sobre o que representa o adversário. “É um time chato, que marca forte e usa muito a bola aérea. Mas o Geninho já nos orientou bastante e estamos preparados”, afirmou.

O jogador deu a receita para o time espantar a síndrome que o tem atormentado nos últimos tempos em casa: trava em campo e é surpreendido. “Não tem outra alternativa. Temos de mudar nossa atitude e jogar com calma para chegarmos ao gol. Às vezes, somos muito afoitos. Ficamos atrás e os adversários jogam no nosso erro. E depois, quando tomamos o gol, não temos paciência para reverter a situação.” O histórico aponta para leve superioridade do Azulão nos confrontos. Em 19 jogos, venceu nove, perdeu seis e empatou quatro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;