Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

S.Bernardo gasta R$ 34 mi em projeto para corredores

Intenção da administração é que as obras estejam finalizadas até 2016


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

27/07/2012 | 07:00


A Prefeitura de São Bernardo gastará R$ 34 milhões com a elaboração do projeto para construção de 11 corredores de ônibus e quatro terminais. O consórcio Planservi/Hagaplan/Oficina irá executar os estudos, cujo resultado deve ser apresentado em até 18 meses.

A intenção da administração é que as obras estejam finalizadas até 2016. O recurso para as construções será obtido por meio de financiamento com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), no valor de US$ 250 milhões, o equivalente a cerca de R$ 470 milhões.

Ontem, a Prefeitura anunciou que irá iniciar os testes com um ônibus elétrico híbrido. Com dois motores - um elétrico e outro a diesel - o modelo deverá operar nas futuras vias exclusivas. O objetivo da tecnologia é reduzir os gastos com combustível e a poluição do ar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Bernardo gasta R$ 34 mi em projeto para corredores

Intenção da administração é que as obras estejam finalizadas até 2016

Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

27/07/2012 | 07:00


A Prefeitura de São Bernardo gastará R$ 34 milhões com a elaboração do projeto para construção de 11 corredores de ônibus e quatro terminais. O consórcio Planservi/Hagaplan/Oficina irá executar os estudos, cujo resultado deve ser apresentado em até 18 meses.

A intenção da administração é que as obras estejam finalizadas até 2016. O recurso para as construções será obtido por meio de financiamento com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), no valor de US$ 250 milhões, o equivalente a cerca de R$ 470 milhões.

Ontem, a Prefeitura anunciou que irá iniciar os testes com um ônibus elétrico híbrido. Com dois motores - um elétrico e outro a diesel - o modelo deverá operar nas futuras vias exclusivas. O objetivo da tecnologia é reduzir os gastos com combustível e a poluição do ar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;