Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Bruno Daniel
nos finalmentes

Assim, é grande e positiva a expectativa do Ramalhão de jogar
em casa contra Caxias, dia 11, pela sétima rodada da Série C


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

20/07/2012 | 07:00


Ainda está longe do sonho de cada torcedor do Santo André, mas aos poucos o Estádio Bruno Daniel atende às exigências do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) do Ministério Público. Assim, é grande e positiva a expectativa do Ramalhão de jogar em casa contra o Caxias, no dia 11, pela sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

As grades foram instaladas ao redor do campo. As partes elétricas e hidráulicas foram renovadas. As arquibancadas receberam pintura. As infiltrações foram sanadas. E os banheiros e acessos para deficientes estão em processo de finalização. Essas são grande parte das obrigações que a Prefeitura de Santo André se comprometeu a fazer em março de 2010, mas que agora, com a praça esportiva interditada, corre para regularizar.

"Estamos aguardando que o estádio esteja devidamente liberado em 1º de agosto, porque o Código do Torcedor determina que os jogos sejam confirmados até dez dias antes", explicou o diretor de futebol do Santo André, Sérgio do Prado. "O que precisa agora é a Prefeitura entregar o TAC e o MP dizer que está tudo ‘ok'. Estamos acompanhando e não deve ter problema para que a gente possa estrear em casa na sétima rodada."

A partir da liberação do Ministério Público, restará à Administração pública providenciar os laudos do Corpo de Bombeiros e de Engenharia.

A Prefeitura, por sua vez, disse que não vai se pronunciar até a entrega do estádio. Confirmou apenas que a obra está dentro do prazo.

50 VEZES BONAN

O goleiro Marcelo Bonan completa amanhã, contra o Madureira, o jogo de número 50 com a camisa do Santo André. Em sua segunda passagem pelo Ramalhão (a primeira foi em 2006), diz já estar à espera de outras marcas. "Fico feliz por completar cinquenta jogos por um time com a grandeza do Santo André. Espero chegar aos 100", exaltou.

O goleiro viajou ontem com a delegação ao Rio de Janeiro. Caihame (machucado) e Juninho (problemas particulares) foram as ausências nos relacionados. A novidade ficou por conta do material esportivo de viagem e treino da Nakal, que chegou. Hoje pela manhã, os atletas treinam em General Severiano, do Botafogo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bruno Daniel
nos finalmentes

Assim, é grande e positiva a expectativa do Ramalhão de jogar
em casa contra Caxias, dia 11, pela sétima rodada da Série C

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

20/07/2012 | 07:00


Ainda está longe do sonho de cada torcedor do Santo André, mas aos poucos o Estádio Bruno Daniel atende às exigências do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) do Ministério Público. Assim, é grande e positiva a expectativa do Ramalhão de jogar em casa contra o Caxias, no dia 11, pela sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

As grades foram instaladas ao redor do campo. As partes elétricas e hidráulicas foram renovadas. As arquibancadas receberam pintura. As infiltrações foram sanadas. E os banheiros e acessos para deficientes estão em processo de finalização. Essas são grande parte das obrigações que a Prefeitura de Santo André se comprometeu a fazer em março de 2010, mas que agora, com a praça esportiva interditada, corre para regularizar.

"Estamos aguardando que o estádio esteja devidamente liberado em 1º de agosto, porque o Código do Torcedor determina que os jogos sejam confirmados até dez dias antes", explicou o diretor de futebol do Santo André, Sérgio do Prado. "O que precisa agora é a Prefeitura entregar o TAC e o MP dizer que está tudo ‘ok'. Estamos acompanhando e não deve ter problema para que a gente possa estrear em casa na sétima rodada."

A partir da liberação do Ministério Público, restará à Administração pública providenciar os laudos do Corpo de Bombeiros e de Engenharia.

A Prefeitura, por sua vez, disse que não vai se pronunciar até a entrega do estádio. Confirmou apenas que a obra está dentro do prazo.

50 VEZES BONAN

O goleiro Marcelo Bonan completa amanhã, contra o Madureira, o jogo de número 50 com a camisa do Santo André. Em sua segunda passagem pelo Ramalhão (a primeira foi em 2006), diz já estar à espera de outras marcas. "Fico feliz por completar cinquenta jogos por um time com a grandeza do Santo André. Espero chegar aos 100", exaltou.

O goleiro viajou ontem com a delegação ao Rio de Janeiro. Caihame (machucado) e Juninho (problemas particulares) foram as ausências nos relacionados. A novidade ficou por conta do material esportivo de viagem e treino da Nakal, que chegou. Hoje pela manhã, os atletas treinam em General Severiano, do Botafogo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;