Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Suíça reitera pedido de extradiçao de Pinochet


Do Diário do Grande ABC

22/02/2000 | 10:06


A Suíça reiterou seu pedido de extradiçao do ex-ditador chileno Augusto Pinochet, atualmente em prisao domiciliar na Gra-Bretanha. A embaixada da Suíça em Londres entregou, na noite de segunda-feira, à Secretaria de Interior britânica, uma solicitaçao, disse Folco Galli, porta-voz do Departamento Federal de Assuntos Policiais.

Funcionários do governo suíço fizeram uma exaustiva análise do boletim assinado por um grupo de médicos britânicos sobre Pinochet e concluíram que nao há nada para lhes fazer mudar sua posiçao a respeito da extradiçao, segundo Galli. A Suíça continua insistindo que, com base no acordo de extradiçao europeu, o estado de saúde de Pinochet nao é argumento para indeferir o pedido.

A Suíça, assim como Espanha, França e Bélgica, exigiu a extradiçao por causa dos supostos crimes cometidos durante o governo Pinochet. O pedido de extradiçao suíço se baseia em uma açao apresentada em Genebra pela viúva de Alexis Jaccard, um estudante com dupla nacionalidade, suíça e chilena. Jaccard desapareceu da Argentina em maio de 1977, depois de sua prisao pela polícia política chilena.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Suíça reitera pedido de extradiçao de Pinochet

Do Diário do Grande ABC

22/02/2000 | 10:06


A Suíça reiterou seu pedido de extradiçao do ex-ditador chileno Augusto Pinochet, atualmente em prisao domiciliar na Gra-Bretanha. A embaixada da Suíça em Londres entregou, na noite de segunda-feira, à Secretaria de Interior britânica, uma solicitaçao, disse Folco Galli, porta-voz do Departamento Federal de Assuntos Policiais.

Funcionários do governo suíço fizeram uma exaustiva análise do boletim assinado por um grupo de médicos britânicos sobre Pinochet e concluíram que nao há nada para lhes fazer mudar sua posiçao a respeito da extradiçao, segundo Galli. A Suíça continua insistindo que, com base no acordo de extradiçao europeu, o estado de saúde de Pinochet nao é argumento para indeferir o pedido.

A Suíça, assim como Espanha, França e Bélgica, exigiu a extradiçao por causa dos supostos crimes cometidos durante o governo Pinochet. O pedido de extradiçao suíço se baseia em uma açao apresentada em Genebra pela viúva de Alexis Jaccard, um estudante com dupla nacionalidade, suíça e chilena. Jaccard desapareceu da Argentina em maio de 1977, depois de sua prisao pela polícia política chilena.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;