Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mais de 3 mil servidores aderem ao PDV


Do Diário do Grande ABC

17/09/1999 | 15:12


O secretário executivo do Ministério de Orçamento e Gestao, Guilherme Dias, anunciou nesta sexta-feira que 3.754 servidores públicos da Uniao aderiram ao Programa de Gestao de Pessoal, que inclui o Programa de Demissao Voluntária, Licença Incentivada sem Remuneraçao e jornada de trabalho reduzida com reduçao proporcional de salário.

Deste total, 3607 aderiram ao PDV, 84 (Licença Incentivada) e 63 (reduçao de jornada). O governo teve um custo de R$ 107,696 milhoes para executar o programa e a adesao dos funcionários vai gerar uma economia de R$ 58,508 milhoes para o executivo ao ano.

A Uniao tem atualmente 507.232 servidores, sendo 36,01% de nível superior e 54,90% de nível intermediário. Do total de servidores, 360 mil tinham condiçoes de aderir ao Programa de Gestao de Pessoal. Dos 3607 que aderiram ao PDV, 73,19% sao de nível intermediário e 17,52% de nível superior.

Segundo Dias, esse número mostra que o programa foi bem sucedido, já que o objetivo do governo é reduzir o número de servidores nas áreas intermediárias e redistribuir melhor os servidores de nível superior nas áreas fins.

O Rio de Janeiro foi o estado que teve o maior número de adesoes ao PDV, 495 servidores. Mas, proporcionalmente, esse número foi um dos menores, já que o Rio tem 107.298 servidores. Dos 37.923 servidores do estado de Sao Paulo, 397 aderiram ao PDV e dos 44.568 do Distrito Federal, 462 aderiram ao Programa.

O secretário ressaltou que o governo poderá realizar outros programas de desligamento voluntário com a finalidade de reduzir o número de pessoal.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;