Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Candidatos a ouvidor debatem dia 9


Renan Cacioli
Do Diário do Grande ABC

06/01/2006 | 08:40


A sabatina entre os candidatos à Ouvidoria de Santo André foi adiada quarta-feira por falta de quórum. Somente 11 membros do Colegiado – de um total de 17 – compareceram ao plenário da Câmara Municipal para entrevistar os concorrentes. A lei que regula a entidade obriga que, no mínimo, 2/3 deles (12) estejam presentes às reuniões que tratarem das eleições do órgão. O novo encontro está marcado para o dia 9, data inicialmente reservada ao primeiro turno da votação, que passou para o dia seguinte.

O ouvidor interino de Santo André, Ivo Bastos Ruiz, explicou que os membros do Colegiado que não compareceram à sabatina estavam fora da cidade, em compromissos particulares. Mas garantiu que o adiamento do debate foi apenas um acidente de percurso e, que com exceção da mudança nas datas, as eleições transcorrerão normalmente na semana que vem. Ruiz não escondeu, entretanto, a frustração pelo atraso no processo. “Fiquei frustrado porque você tem a expectativa, deixa tudo preparado. E é interesse resolver esse problema o quanto antes possível. Assim já entregamos o cargo e a coisa fica transparente”, disse o ouvidor, em referência aos imbróglios da eleição anterior.

No pleito de 2003, o processo acabou impugnado pela Justiça graças a uma ação popular contra Ronaldo Martim, então eleito para o cargo. A decisão, que afastou definitivamente Martim do cargo, foi tomada no Tribunal de Justiça, somente em agosto de 2004, quando Ivo Bastos Ruiz assumiu a Ouvidoria interinamente. Dessa vez, a disputa parecia caminhar tranqüilamente, sem decisões judiciais nem problemas com os concorrentes.

As novas datas, então, ficaram assim definidas: 1ª sabatina (segunda-feira, dia 9, às 19h); eleições do 1º turno (dia 10); 2ª sabatina – caso não haja vencedor unânime e dois candidatos disputem o 2º turno – (dia 11); eleições do 2º turno – se necessário – (dia 12). Todos os eventos acontecem no mesmo horário, no plenário da Câmara Municipal.

Um a menos – Também na quarta-feira um dos candidatos, Cezar Moreira Filho, enviou uma carta à Ouvidoria pedindo seu desligamento das eleições. Cezar alegou problemas profissionais e deixa a disputa pelo cargo para apenas três candidatos: André José de Andrade, 58 anos, cirurgião dentista e representante da Loja Maçônica João Ramalho; Reinaldo Abud, 47, advogado e que representa a APAE andreense; e Sérgio Luiz Munhoz, 57, professor universitário indicado pelo Rotary Club Alvorada.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Candidatos a ouvidor debatem dia 9

Renan Cacioli
Do Diário do Grande ABC

06/01/2006 | 08:40


A sabatina entre os candidatos à Ouvidoria de Santo André foi adiada quarta-feira por falta de quórum. Somente 11 membros do Colegiado – de um total de 17 – compareceram ao plenário da Câmara Municipal para entrevistar os concorrentes. A lei que regula a entidade obriga que, no mínimo, 2/3 deles (12) estejam presentes às reuniões que tratarem das eleições do órgão. O novo encontro está marcado para o dia 9, data inicialmente reservada ao primeiro turno da votação, que passou para o dia seguinte.

O ouvidor interino de Santo André, Ivo Bastos Ruiz, explicou que os membros do Colegiado que não compareceram à sabatina estavam fora da cidade, em compromissos particulares. Mas garantiu que o adiamento do debate foi apenas um acidente de percurso e, que com exceção da mudança nas datas, as eleições transcorrerão normalmente na semana que vem. Ruiz não escondeu, entretanto, a frustração pelo atraso no processo. “Fiquei frustrado porque você tem a expectativa, deixa tudo preparado. E é interesse resolver esse problema o quanto antes possível. Assim já entregamos o cargo e a coisa fica transparente”, disse o ouvidor, em referência aos imbróglios da eleição anterior.

No pleito de 2003, o processo acabou impugnado pela Justiça graças a uma ação popular contra Ronaldo Martim, então eleito para o cargo. A decisão, que afastou definitivamente Martim do cargo, foi tomada no Tribunal de Justiça, somente em agosto de 2004, quando Ivo Bastos Ruiz assumiu a Ouvidoria interinamente. Dessa vez, a disputa parecia caminhar tranqüilamente, sem decisões judiciais nem problemas com os concorrentes.

As novas datas, então, ficaram assim definidas: 1ª sabatina (segunda-feira, dia 9, às 19h); eleições do 1º turno (dia 10); 2ª sabatina – caso não haja vencedor unânime e dois candidatos disputem o 2º turno – (dia 11); eleições do 2º turno – se necessário – (dia 12). Todos os eventos acontecem no mesmo horário, no plenário da Câmara Municipal.

Um a menos – Também na quarta-feira um dos candidatos, Cezar Moreira Filho, enviou uma carta à Ouvidoria pedindo seu desligamento das eleições. Cezar alegou problemas profissionais e deixa a disputa pelo cargo para apenas três candidatos: André José de Andrade, 58 anos, cirurgião dentista e representante da Loja Maçônica João Ramalho; Reinaldo Abud, 47, advogado e que representa a APAE andreense; e Sérgio Luiz Munhoz, 57, professor universitário indicado pelo Rotary Club Alvorada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;