Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mulher invade casa do ex-marido em busca do filho


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

01/06/2012 | 07:00


A briga pela guarda do filho de 4 anos levou a auxiliar de enfermagem Simone Esperandi, 24 anos, a invadir a casa do ex-marido, o analista de contas médicas Alan Antônio Machado, 36, na noite de quarta-feira. Ela estava acompanhada do irmão e do vizinho e tinha o objetivo de levar o garoto consigo. Até a ex-sogra, de 65, foi agredida na confusão, ocorrida no bairro Campestre, em Santo André.

Por volta das 22h, o trio invadiu a casa, arrombou a porta da sala e agrediu Machado com socos e arranhões. A mãe dele teve tufos de cabelo arrancados enquanto segurava outro neto, um bebê de apenas de 6 meses. Um cunhado do rapaz que passava pelo local também foi ferido. O carro do analista teve o para-brisa destruído.

"Eu jamais imaginaria que ela fosse capaz de fazer algo assim", disse Machado. Eles foram casados por sete anos. As constantes brigas com a família dela e o clima ruim na casa onde moravam, em Mauá, culminaram na separação, registrada no dia 21 de maio.

O menino estava com o pai desde sexta-feira. A ex-mulher teria solicitado que o garoto fosse devolvido até domingo. Machado aproveitou o tempo para reforçar o pedido de guarda da criança na Vara de Infância. Alegando que o filho era maltratado pela mãe, procurou até o Conselho Tutelar de Mauá para prestar queixa.

O caso será investigado pelo 4º DP (Jardim) de Santo André. Antes de agir, a polícia espera definição da Justiça sobre quem ficará com a criança. "Estou sem conseguir dormir e comer. Só penso em meu filho", lamentou o pai, que disse não ter informações sobre o menino. "Ela pode ter fugido com ele", apontou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mulher invade casa do ex-marido em busca do filho

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

01/06/2012 | 07:00


A briga pela guarda do filho de 4 anos levou a auxiliar de enfermagem Simone Esperandi, 24 anos, a invadir a casa do ex-marido, o analista de contas médicas Alan Antônio Machado, 36, na noite de quarta-feira. Ela estava acompanhada do irmão e do vizinho e tinha o objetivo de levar o garoto consigo. Até a ex-sogra, de 65, foi agredida na confusão, ocorrida no bairro Campestre, em Santo André.

Por volta das 22h, o trio invadiu a casa, arrombou a porta da sala e agrediu Machado com socos e arranhões. A mãe dele teve tufos de cabelo arrancados enquanto segurava outro neto, um bebê de apenas de 6 meses. Um cunhado do rapaz que passava pelo local também foi ferido. O carro do analista teve o para-brisa destruído.

"Eu jamais imaginaria que ela fosse capaz de fazer algo assim", disse Machado. Eles foram casados por sete anos. As constantes brigas com a família dela e o clima ruim na casa onde moravam, em Mauá, culminaram na separação, registrada no dia 21 de maio.

O menino estava com o pai desde sexta-feira. A ex-mulher teria solicitado que o garoto fosse devolvido até domingo. Machado aproveitou o tempo para reforçar o pedido de guarda da criança na Vara de Infância. Alegando que o filho era maltratado pela mãe, procurou até o Conselho Tutelar de Mauá para prestar queixa.

O caso será investigado pelo 4º DP (Jardim) de Santo André. Antes de agir, a polícia espera definição da Justiça sobre quem ficará com a criança. "Estou sem conseguir dormir e comer. Só penso em meu filho", lamentou o pai, que disse não ter informações sobre o menino. "Ela pode ter fugido com ele", apontou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;