Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 3 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Vai haver eleições em Diadema. Era 1959...

Esta exposição do Centro de Memória de Diadema - 50 anos da primeira eleição municipal: 1959-2009 - começa a agradar já no convite


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

12/10/2009 | 00:00


Esta exposição do Centro de Memória de Diadema - 50 anos da primeira eleição municipal: 1959-2009 - começa a agradar já no convite. Aparecem, lado a lado, Evandro Caiaffa Esquivel (PTN) e Lauro Michels (PSP), os dois candidatos majoritários. E deu Evandro, que ao longo de sua carreira política teria em Michels um adversário político histórico.

E aí está a novidade: a exposição não fala apenas dos vencedores. A mostra abre espaço aos competidores, inclusive os não eleitos naquele pleito histórico.

Tudo era diferente em 1959: Evandro chegou à Prefeitura com 683 votos, contra 603 de Michels. Eiziro Okasaki ganhou para vice com 505 votos, contra 424 de Neco Amaral, 221 de Walter Stefani e 47 de Ângelo do Vale Fontinhas.

Os nove primeiros vereadores estão todos no painel de fotos que Memória reproduz. Duas mulheres apenas na História, a primeira-dama eleita, a professora Silvia Ramos Esquivel, e a futura primeira-dama, Dona Ágata. Para fechar, uma lembrança do jurista Miguel Reale, o padrinho de Diadema, tanto na elevação da cidade a distrito (1948) como a município (1958). Foi ele quem descolou o nome Diadema, o "D" do Grande ABC.

Diadema 1959-2009. 50 anos: Primeira Eleição Municipal.
Local: Centro de Memória. Endereço: Avenida Alda, 255. Telefone: 4043-0700.

Fotos e reproduções: Foto Matriz. Visitação: até 28 de novembro. Entrada franca.

ALMANAQUE

Wilson da Costa Brandão
Nascimento: Borda da Mata (MG), 12 de outubro de 1932.
Vereador: 1969 a 1973; 1983 a 1988.
Partido: Arena.
Formado cirurgião-dentista pela Faculdade de Farmácia e Odontologia de Alfenas (MG). Veio para Santo André em 1955. Em 1956 foi o responsável pela vinda do seu irmão, Newton Brandão, então futuro prefeito e deputado estadual.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS
Sexta-feira, 12 de outubro de 1979

Manchete - Prefeitura (de Santo André) faz mutirão para receber governador (Paulo Maluf)

Editorial - Santo André se amedronta ante o futuro

Especial - Dia da Criança, alerta a todas as autoridades: há muitos problemas a serem resolvidos neste Ano I da Criança Brasileira.

Mauá - Há muito barro nas ruas de Vila Assis Brasil, mas existe luz pública.

Educação - Escola Estadual de Vila Guiomar, em Santo André, passa a se chamar Escola Padre Agnaldo Sebastião Vieira, em homenagem a antigo professor do estabelecimento.

Polícia - Crianças usadas no comércio da esmola, conforme reportagem do jornalista Edward de Souza.

EM 12 DE OUTUBRO DE...

1939 - Armando Ferreira da Rosa, prefeito nomeado de Santo André, assina o seu primeiro ato em que prorroga o prazo para pagamento do imposto territorial urbano.

1959 - Fundação da Casa São Luiz, em São Bernardo.

1969 - Estreia no Diário um novo cronista, Jorge Alvinegro, na verdade um dos vários pseudônimos do jornalista e diretor de Redação Fausto Polesi. Corintiano fanático, Jorge Alvinegro falava com paixão do Timão, há anos na fila. Em linguajar típico, a série de crônicas do Jorge Alvinegro daria um livro magnífico agora que o Corinthians Paulista se prepara para celebrar seu primeiro centenário: 1910-2010.

MUNICÍPIO BRASILEIRO

Hoje é o centenário de Itumbiara (GO), cujo nome significa "Caminho da cachoeira".

HOJE

Dia da Criança, Dia do Descobrimento da América (517º ano), Dia do Engenheiro Agrônomo, Dia do Corretor de Seguros, Dia do Basquete, Dia do Mar, Dia da Espanha (Dia da Hispanidade) e Dia do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

SANTOS DO DIA

Conceição Aparecida, Edvino e Serafim.

NAS ONDAS DO RÁDIO
ABC AM (1570). Viagem no Tempo Especial. Dois destaques: Celly Campello e Wanderley Cardoso. Produção e apresentação: Marcelo Duarte. Hoje, das 9h às 11h. Contatos: viagemnotempo@radioabc.com.br.

CRÔNICA

A criança de todos nós
Há muitas portas na estrada do futuro. Podemos escolher qual delas queremos abrir. Algumas nos permitem entrar nos domínios do bem; outras mais se escancaram para o mal. A decisão é exclusivamente nossa, de acordo com a razão que nos ilumina e com os desejos acalentados pelo coração. A chegada do amanhã depende de nossa escolha, que deve recair na construção de um novo tempo, mais fraterno, com menos ódio e muita paz.

No momento a melhor opção é se livrar das amarras da correria e das preocupações e voltar, neste dia especial, a ser criança. Esqueça o adulto apressado e brinque, solte a imaginação e seja feliz. Guido Fidelis



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;