Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Direita espanhola perde o poder na Galícia, seu reduto histórico


Da AFP

19/06/2005 | 16:05


A direita espanhola perdeu seu histórico reduto da Galícia, noroeste do país, abrindo passagem para um governo de coalizão socialista-nacionalista, segundo três pesquisas de boca-de-urna das eleições realizadas neste domingo.

Isso supõe que seu caudilho, Manuel Fraga, de 82 anos, ex-ministro do ditador Francisco Franco e que governava a Galícia desde 1989, não poderá cumprir seu quinto mandato consecutivo frente ao PPdG (Partido Popular da Galícia).

Apesar de ter sido o partido mais votado, o PPdG não obteve cadeiras suficientes para manter sua maioria absoluta de 38 deputados no parlamento galego (de um total de 75 cadeiras). As três pesquisas apontam um máximo de 35 cadeiras. No atual parlamento, o PPdG tinha 41 deputados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Direita espanhola perde o poder na Galícia, seu reduto histórico

Da AFP

19/06/2005 | 16:05


A direita espanhola perdeu seu histórico reduto da Galícia, noroeste do país, abrindo passagem para um governo de coalizão socialista-nacionalista, segundo três pesquisas de boca-de-urna das eleições realizadas neste domingo.

Isso supõe que seu caudilho, Manuel Fraga, de 82 anos, ex-ministro do ditador Francisco Franco e que governava a Galícia desde 1989, não poderá cumprir seu quinto mandato consecutivo frente ao PPdG (Partido Popular da Galícia).

Apesar de ter sido o partido mais votado, o PPdG não obteve cadeiras suficientes para manter sua maioria absoluta de 38 deputados no parlamento galego (de um total de 75 cadeiras). As três pesquisas apontam um máximo de 35 cadeiras. No atual parlamento, o PPdG tinha 41 deputados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;