Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ação será onde dupla sertaneja estudou


Thiago Krauss
Do Diário do Grande ABC

25/05/2007 | 07:11


Os irmãos José Lima Sobrinho e Durval de Lima, hoje muito conhecidos pelo povo brasileiro como Chitãozinho e Xororó, já foram alunos da Escola Estadual Dona Marcelina Maria da Silva Oliveira, no Jardim Zaíra, em Mauá, que recebe neste sábado o Diário do Grande ABC nos Bairros.

Entre os moradores do bairro, há quem se lembre muito bem da época em que a dupla morava no Jardim Zaíra. É o caso de uma das professoras da escola, Josefa Beller, 47 anos, uma das alunas matriculadas entre os anos de 1969 e 1974. “Nossa família costumava comprar frangos para revender naquela época e não foram poucas as vezes que eles estiveram lá em casa para pegar algumas aves”, relembra. Outro detalhe que ainda é lembrado por ela é do fusca azul ‘clarinho’, primeiro carro da dupla.

Outra moradora do bairro Rosely Barille Labadese, 47 anos, oficial administrativa da escola e que também estudou por lá, se recorda muito bem dos irmãos e costumava vê-los com freqüência. “Nem me lembro quantas vezes eu os vi parados no ponto de ônibus, esperando o coletivo que ia lá para a TV Record”.

Um pouco mais distante da escola, mais precisamente no número 2.200 da Avenida Presidente Castelo Branco, mora o funcionário público Alcides Garcia, 54 anos, que nasceu e ainda hoje é um dos moradores do Jardim Zaíra.

Ex-aluno da escola, concluiu o estudo em 1965 e se lembra com detalhes de como era o bairro naquela época. “Este morro aqui atrás de casa era só terra e mato. Quando olho para ele hoje fico abismado de como tudo isso aqui cresceu”, afirma. Prova de que o bairro é muito querido pelos moradores, Garcia diz ter alguns amigos que foram embora, mas alguns anos depois retornaram. “Uma vez morador daqui você nunca mais esquece e, se sai, quando uma oportunidade aparece, acaba voltando. Adoro morar aqui” revela.

A ação neste sábado também acontece na Emei Professora Rachel Silveira Monteiro, em Rio Grande da Serra. Realizado pelo Diário em parceria com as prefeituras, o evento conta com o apoio da Ligia Cabeleireiros, Novety Cosméticos, OneTouch e do Instituto Embelleze. O patrocínio é da Umesp (Universidade Metodista de São Paulo).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ação será onde dupla sertaneja estudou

Thiago Krauss
Do Diário do Grande ABC

25/05/2007 | 07:11


Os irmãos José Lima Sobrinho e Durval de Lima, hoje muito conhecidos pelo povo brasileiro como Chitãozinho e Xororó, já foram alunos da Escola Estadual Dona Marcelina Maria da Silva Oliveira, no Jardim Zaíra, em Mauá, que recebe neste sábado o Diário do Grande ABC nos Bairros.

Entre os moradores do bairro, há quem se lembre muito bem da época em que a dupla morava no Jardim Zaíra. É o caso de uma das professoras da escola, Josefa Beller, 47 anos, uma das alunas matriculadas entre os anos de 1969 e 1974. “Nossa família costumava comprar frangos para revender naquela época e não foram poucas as vezes que eles estiveram lá em casa para pegar algumas aves”, relembra. Outro detalhe que ainda é lembrado por ela é do fusca azul ‘clarinho’, primeiro carro da dupla.

Outra moradora do bairro Rosely Barille Labadese, 47 anos, oficial administrativa da escola e que também estudou por lá, se recorda muito bem dos irmãos e costumava vê-los com freqüência. “Nem me lembro quantas vezes eu os vi parados no ponto de ônibus, esperando o coletivo que ia lá para a TV Record”.

Um pouco mais distante da escola, mais precisamente no número 2.200 da Avenida Presidente Castelo Branco, mora o funcionário público Alcides Garcia, 54 anos, que nasceu e ainda hoje é um dos moradores do Jardim Zaíra.

Ex-aluno da escola, concluiu o estudo em 1965 e se lembra com detalhes de como era o bairro naquela época. “Este morro aqui atrás de casa era só terra e mato. Quando olho para ele hoje fico abismado de como tudo isso aqui cresceu”, afirma. Prova de que o bairro é muito querido pelos moradores, Garcia diz ter alguns amigos que foram embora, mas alguns anos depois retornaram. “Uma vez morador daqui você nunca mais esquece e, se sai, quando uma oportunidade aparece, acaba voltando. Adoro morar aqui” revela.

A ação neste sábado também acontece na Emei Professora Rachel Silveira Monteiro, em Rio Grande da Serra. Realizado pelo Diário em parceria com as prefeituras, o evento conta com o apoio da Ligia Cabeleireiros, Novety Cosméticos, OneTouch e do Instituto Embelleze. O patrocínio é da Umesp (Universidade Metodista de São Paulo).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;