Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 8 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Família de Santo André morre em queda de elevador em Santos

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Três pessoas tinham ido passar o Réveillon no edifício, onde irmã de uma das vítimas, que também faleceu, morava


Bia Moço
Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

31/12/2019 | 10:27


Uma família de Santo André morreu em queda de elevador do Edifício Tiffany, na Vila Belmiro, em Santos, no Litoral paulista. As vítimas, o casal Lucineide de Souza Goes, 43 anos, e Edilson Donizete dos Santos, 45, junto com o filho Eric Miguel Goes dos Santos, 19, estavam no local para passar o Réveillon com a irmã, Jucelina Santos de Souza Goes dos Santos, 48, que residia no prédio com o marido, suboficial da Marinha. A moradora também faleceu no acidente, que aconteceu às 19h20 de segunda-feira.

O edifício é unidade habitacional destinada a militares da Capitania dos Portos de São Paulo. Em nota, a Marinha do Brasil lamentou o ocorrido e destacou que está fornecendo todo suporte possível às famílias das vítimas. Além disso, garantiu que o inquérito policial será aberto para apurar as causas do acidente.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o elevador de serviços despencou do nono andar. Peritos da Polícia Civil, Polícia Militar, Defesa Civil de Santos e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também estiveram no local. O entorno foi interditado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). A família, que tinha acabado de chegar ao edifício, foi recepcionada por Jucelina, no térreo do condomínio, e não chegou ao apartamento. De acordo com o boletim de ocorrência, as quatro vítimas morreram na hora. As malas estavam com a família no elevador.

A Prefeitura de Santos afirmou, em nota, que engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Edificações esteve no local acompanhado de equipe técnica da empresa que presta serviços de manutenção dos elevadores do prédio, em funcionamento desde 1998, para acompanhar o início das investigações. A Vilarta, responsável pela manutenção dos equipamentos, tem documentação regular.

O comunicado assinalou que a prefeitura realiza fiscalização periódica em edifícios, especialmente após denúncias na ouvidoria municipal ou observação de alteração no funcionamento dos equipamentos. Até ontem, não havia denúncia ou registro de ocorrência sobre possíveis irregularidades no endereço. O prédio não foi interditado, assim como o elevador social.

De acordo com a Prefeitura de Santo André, as vítimas serão veladas no Cemitério do Curuçá. O sepultamento será nesta quarta-feira (1º) entre às 11h e o meio-dia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Família de Santo André morre em queda de elevador em Santos

Três pessoas tinham ido passar o Réveillon no edifício, onde irmã de uma das vítimas, que também faleceu, morava

Bia Moço
Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

31/12/2019 | 10:27


Uma família de Santo André morreu em queda de elevador do Edifício Tiffany, na Vila Belmiro, em Santos, no Litoral paulista. As vítimas, o casal Lucineide de Souza Goes, 43 anos, e Edilson Donizete dos Santos, 45, junto com o filho Eric Miguel Goes dos Santos, 19, estavam no local para passar o Réveillon com a irmã, Jucelina Santos de Souza Goes dos Santos, 48, que residia no prédio com o marido, suboficial da Marinha. A moradora também faleceu no acidente, que aconteceu às 19h20 de segunda-feira.

O edifício é unidade habitacional destinada a militares da Capitania dos Portos de São Paulo. Em nota, a Marinha do Brasil lamentou o ocorrido e destacou que está fornecendo todo suporte possível às famílias das vítimas. Além disso, garantiu que o inquérito policial será aberto para apurar as causas do acidente.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o elevador de serviços despencou do nono andar. Peritos da Polícia Civil, Polícia Militar, Defesa Civil de Santos e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também estiveram no local. O entorno foi interditado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). A família, que tinha acabado de chegar ao edifício, foi recepcionada por Jucelina, no térreo do condomínio, e não chegou ao apartamento. De acordo com o boletim de ocorrência, as quatro vítimas morreram na hora. As malas estavam com a família no elevador.

A Prefeitura de Santos afirmou, em nota, que engenheiro da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Edificações esteve no local acompanhado de equipe técnica da empresa que presta serviços de manutenção dos elevadores do prédio, em funcionamento desde 1998, para acompanhar o início das investigações. A Vilarta, responsável pela manutenção dos equipamentos, tem documentação regular.

O comunicado assinalou que a prefeitura realiza fiscalização periódica em edifícios, especialmente após denúncias na ouvidoria municipal ou observação de alteração no funcionamento dos equipamentos. Até ontem, não havia denúncia ou registro de ocorrência sobre possíveis irregularidades no endereço. O prédio não foi interditado, assim como o elevador social.

De acordo com a Prefeitura de Santo André, as vítimas serão veladas no Cemitério do Curuçá. O sepultamento será nesta quarta-feira (1º) entre às 11h e o meio-dia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;