Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

TIM reforça infraestrutura com aquisição da Intelig

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alexandre Melo
Do Diário do Grande ABC

16/12/2009 | 07:00


A TIM anunciou ontem a conclusão da compra da operadora de longa distância Intelig, negócio em que desembolsará R$ 517 milhões por meio de troca de ações. Com a aquisição, a empresa mais que dobra seu potencial de mercado a ser atendido, saltando dos atuais R$ 50 bilhões para R$ 120 bilhões.

Ao avançar no segmento de telefonia fixa, a terceira maior empresa de celular do País sinalizou que poderá oferecer valor reduzido na assinatura do serviço para acirrar a competição com as demais concessionárias.

A operadora se beneficiará dos 500 mil quilômetros de rede de fibra ótica que a Intelig possui nas 15 principais regiões metropolitanas do País. "A estrutura irá alavancar a rede internet 3G, além de crescer no mercado de telefonia fixa, de baixa competitividade em relação ao móvel", destaca Luca Luciani, presidente da TIM.

Os mercados de voz e dados também apresentam potencial significativo de crescimento para a operadora móvel, sendo que o potencial de consumo em telefonia fixa no Brasil tem capacidade de triplicar a curto prazo, segundo estimativas do executivo.

Com a nova infraestrutura, a empresa calcula que economizará no mínimo R$ 250 milhões, pois reduzirá o gasto com aluguel de rede das empresas concorrentes. "Estimamos que o retorno do investimento virá em 30 meses, sendo investido integralmente na Intelig", afirma Luciani. Ao comprar a operadora de longa distância, a TIM assumiu também uma dívida de US$ 70 milhões, com credores do mercado financeiro.

META - A diretoria da operadora de celulares espera triplicar a receita da Intelig nos próximos três anos. Segundo o presidente, a empresa deverá encerrar 2009 com faturamento de quase R$ 700 milhões. "Investiremos pesado no relançamento da marca para crescer rapidamente neste mercado. A rentabilidade esperada é de 20%."

A empresa também não descarta parcerias com outras empresas para oferecer o serviço de TV por assinatura. Sobre a incorporação da empresa adquirida, o diretor de atacado Antonino Ruggiero ressalta que não haverá demissões e que as companhias vão funcionar com estruturas separadas. O processo de integração das redes ocorrerá em 100 dias.

Luciani ressaltou que o investimento anunciado de R$ 7 bilhões para o triênio de 2009 a 2001 está mantido.

CÓDIGO - Questionado sobre qual código será mantido para as ligações de longa distância, o presidente da empresa disse que isso será definido nos próximos 180 dias. O código da Intelig é 23 e o da TIM é o 41.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

TIM reforça infraestrutura com aquisição da Intelig

Alexandre Melo
Do Diário do Grande ABC

16/12/2009 | 07:00


A TIM anunciou ontem a conclusão da compra da operadora de longa distância Intelig, negócio em que desembolsará R$ 517 milhões por meio de troca de ações. Com a aquisição, a empresa mais que dobra seu potencial de mercado a ser atendido, saltando dos atuais R$ 50 bilhões para R$ 120 bilhões.

Ao avançar no segmento de telefonia fixa, a terceira maior empresa de celular do País sinalizou que poderá oferecer valor reduzido na assinatura do serviço para acirrar a competição com as demais concessionárias.

A operadora se beneficiará dos 500 mil quilômetros de rede de fibra ótica que a Intelig possui nas 15 principais regiões metropolitanas do País. "A estrutura irá alavancar a rede internet 3G, além de crescer no mercado de telefonia fixa, de baixa competitividade em relação ao móvel", destaca Luca Luciani, presidente da TIM.

Os mercados de voz e dados também apresentam potencial significativo de crescimento para a operadora móvel, sendo que o potencial de consumo em telefonia fixa no Brasil tem capacidade de triplicar a curto prazo, segundo estimativas do executivo.

Com a nova infraestrutura, a empresa calcula que economizará no mínimo R$ 250 milhões, pois reduzirá o gasto com aluguel de rede das empresas concorrentes. "Estimamos que o retorno do investimento virá em 30 meses, sendo investido integralmente na Intelig", afirma Luciani. Ao comprar a operadora de longa distância, a TIM assumiu também uma dívida de US$ 70 milhões, com credores do mercado financeiro.

META - A diretoria da operadora de celulares espera triplicar a receita da Intelig nos próximos três anos. Segundo o presidente, a empresa deverá encerrar 2009 com faturamento de quase R$ 700 milhões. "Investiremos pesado no relançamento da marca para crescer rapidamente neste mercado. A rentabilidade esperada é de 20%."

A empresa também não descarta parcerias com outras empresas para oferecer o serviço de TV por assinatura. Sobre a incorporação da empresa adquirida, o diretor de atacado Antonino Ruggiero ressalta que não haverá demissões e que as companhias vão funcionar com estruturas separadas. O processo de integração das redes ocorrerá em 100 dias.

Luciani ressaltou que o investimento anunciado de R$ 7 bilhões para o triênio de 2009 a 2001 está mantido.

CÓDIGO - Questionado sobre qual código será mantido para as ligações de longa distância, o presidente da empresa disse que isso será definido nos próximos 180 dias. O código da Intelig é 23 e o da TIM é o 41.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;