Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Mauaense é goleado e agrava crise


Rafael Presilli
Especial para o Diário

27/07/2009 | 07:00


O Grêmio Mauaense foi goleado pelo Taubaté por 3 a 0, em casa, na abertura da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão e agravou ainda mais sua crise. Sem ganhar há seis jogos, tendo marcado apenas um e sofrido 15 gols no período, a equipe vive uma das piores crises da sua história. Os jogadores estão sem receber salários há três meses.

"O time está com problemas extra-campo. Estamos sem receber os salários e isso dificulta. Nós estamos fazendo a nossa parte, mas a diretoria não", alfinetou, no intervalo de jogo, o zagueiro Adelmo, um dos três jogadores com idade acima de 23 anos. Ele foi obrigado a deixar o duelo no segundo tempo, contundido.

O time do Vale do Paraíba foi superior durante toda a partida. O camisa dez Sandro organizava as jogadas, distribuindo bem a bola no ataque. O lateral-esquerdo Bruninho buscava os espaços deixados por Pity, fraco na marcação. Jogando no 3-5-2, o Mauaense não apresentou nenhum perigo.

Dois dos três gols foram marcados ainda no primeiro tempo. Aos 27 minutos, Bruninho cruzou para Wesley, de carrinho, abrir o placar. Aos 30, Caiam chutou forte de fora de área e ampliou.

Na segunda etapa, os visitantes só administraram. Aos 30, conseguiram mais um gol. Em jogada pela direita, o volante Danilo Costa tentou cortar e deixou Almir livre para marcar o terceiro.

Desolados, os jogadores de Mauá andavam em campo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mauaense é goleado e agrava crise

Rafael Presilli
Especial para o Diário

27/07/2009 | 07:00


O Grêmio Mauaense foi goleado pelo Taubaté por 3 a 0, em casa, na abertura da segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão e agravou ainda mais sua crise. Sem ganhar há seis jogos, tendo marcado apenas um e sofrido 15 gols no período, a equipe vive uma das piores crises da sua história. Os jogadores estão sem receber salários há três meses.

"O time está com problemas extra-campo. Estamos sem receber os salários e isso dificulta. Nós estamos fazendo a nossa parte, mas a diretoria não", alfinetou, no intervalo de jogo, o zagueiro Adelmo, um dos três jogadores com idade acima de 23 anos. Ele foi obrigado a deixar o duelo no segundo tempo, contundido.

O time do Vale do Paraíba foi superior durante toda a partida. O camisa dez Sandro organizava as jogadas, distribuindo bem a bola no ataque. O lateral-esquerdo Bruninho buscava os espaços deixados por Pity, fraco na marcação. Jogando no 3-5-2, o Mauaense não apresentou nenhum perigo.

Dois dos três gols foram marcados ainda no primeiro tempo. Aos 27 minutos, Bruninho cruzou para Wesley, de carrinho, abrir o placar. Aos 30, Caiam chutou forte de fora de área e ampliou.

Na segunda etapa, os visitantes só administraram. Aos 30, conseguiram mais um gol. Em jogada pela direita, o volante Danilo Costa tentou cortar e deixou Almir livre para marcar o terceiro.

Desolados, os jogadores de Mauá andavam em campo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;