Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Auricchio promete aumentar subvenções

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em visita a entidade filantrópica, prefeiturável do PSDB fala em criar censo para priorizar repasses


Junior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

22/09/2016 | 07:00


Candidato do PSDB à Prefeitura de São Caetano, José Auricchio Júnior prometeu, se eleito, promover reavaliação dos valores das subvenções às entidades filantrópicas da cidade. Em visita ao Lar Anália Franco, ontem à tarde, no bairro Santa Maria, o tucano falou em criar “censo social”, para priorizar os repasses. Auricchio se comprometeu ainda a aumentar o valor das doações. “(Os valores) Estão congelados desde que deixei o governo (em 2012).”

O candidato conversou com dirigentes do Lar Anália Franco, entidade sem fins lucrativos que acolhe mulheres idosas e em situação de rua, e ouviu pedidos de melhoria dos auxílios da Prefeitura ao órgão. “Nós vivemos de doações que, por conta da crise, diminuíram. Não queremos que a Prefeitura envie um caminhão de dinheiro, mas poderíamos ter outros meios de parceria. Se tivéssemos uma sede própria, por exemplo, economizaríamos com o aluguel”, relatou o presidente da entidade, Gilmar Talarico. Atualmente, a casa abriga 30 mulheres e, segundo o mandatário, recebe aproximadamente R$ 94 mil por ano da Prefeitura. “Eu tenho R$ 70 mil em despesas todos os meses. Esse valor só dá para um (mês)”. Além de cuidados médicos de emergência às mulheres em situação de rua encaminhadas pela administração, o lar também acolhe e oferece moradia a idosas. Ao todo, 20 funcionários atuam no local.

Ao dirigente, Auricchio prometeu viabilizar terreno para que o lar construa um prédio próprio, além de estudar a possibilidade de o órgão ser beneficiado com isenções de impostos e de tarifas de consumo de água. “O valor da subvenção será automaticamente revisto, até porque é o mesmo desde que deixei o governo. O Orçamento de 2012 era de R$ 700 milhões e hoje é R$ 1,2 bilhão e não atualizaram as doações. Precisamos de um censo social com as entidades do terceiro setor, até porque o poder público se utiliza muito delas. Precisam de uma valorização real, não simbólica. Vamos analisar quais entidades precisam mais de ajuda e priorizar as mais necessitadas de auxílio”, frisou Auricchio.

Chefe do Executivo entre 2005 e 2012, o tucano afirmou que, durante seus mandatos na Prefeitura, chegou a sugerir a doação de área para instalação da entidade, mas que a oferta foi recusada por conta da existência de outras instituições filantrópicas nas proximidades.

Auricchio voltou a falar da construção do Atende Fácil da Saúde, equipamento que reuniria todas as especialidades médicas, centro de diagnósticos, farmácia 24 horas e um centro de atenção à terceira idade. O tucano afirmou que intensificará as agendas externas nesta última semana de campanha.

Tucano admite erro sobre pesquisa

Ex-prefeito e candidato do PSDB ao Paço de São Caetano, José Auricchio Júnior admitiu erro na impressão de panfletos da sua candidatura em que números de pesquisa Ibope foram usados a seu favor. O tucano frisou que o “erro gráfico” foi comunicado à Justiça Eleitoral. “Teve um erro de impressão que, em vez de 31%, grafaram 33%. Nós fizemos uma errata, comunicamos à Justiça Eleitoral e publicamos um novo material de campanha com os números corretos da pesquisa”, explicou Auricchio.

“O Ibope Inteligência tomou conhecimento de que estão sendo divulgados dados incorretos da pesquisa realizada pela empresa em São Caetano”, informou o instituto, publicando em seu site os números coletados.

Recente sondagem de intenções de voto realizada pelo Ibope mostrou o ex-prefeito numericamente à frente na corrida pelo Palácio da Cerâmica, com 31% das citações. Atual prefeito e candidato à reeleição, Paulo Pinheiro (PMDB) alcançou 24% da preferência do eleitorado.

Considerando a margem de erro de quatro pontos percentuais da pesquisa, os dois estão tecnicamente empatados. O vereador e prefeiturável do PR, Fabio Palacio, aparece em terceiro lugar, com 14%.

Na sondagem do DGABC Pesquisas, publicada pelo Diário no dia 2, Auricchio atingiu a liderança, com 33% e Pinheiro 17,8%. “Em todas as pesquisas nós lideramos, não teria por que aumentarmos os dados propositadamente”, frisou Auricchio. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Auricchio promete aumentar subvenções

Em visita a entidade filantrópica, prefeiturável do PSDB fala em criar censo para priorizar repasses

Junior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

22/09/2016 | 07:00


Candidato do PSDB à Prefeitura de São Caetano, José Auricchio Júnior prometeu, se eleito, promover reavaliação dos valores das subvenções às entidades filantrópicas da cidade. Em visita ao Lar Anália Franco, ontem à tarde, no bairro Santa Maria, o tucano falou em criar “censo social”, para priorizar os repasses. Auricchio se comprometeu ainda a aumentar o valor das doações. “(Os valores) Estão congelados desde que deixei o governo (em 2012).”

O candidato conversou com dirigentes do Lar Anália Franco, entidade sem fins lucrativos que acolhe mulheres idosas e em situação de rua, e ouviu pedidos de melhoria dos auxílios da Prefeitura ao órgão. “Nós vivemos de doações que, por conta da crise, diminuíram. Não queremos que a Prefeitura envie um caminhão de dinheiro, mas poderíamos ter outros meios de parceria. Se tivéssemos uma sede própria, por exemplo, economizaríamos com o aluguel”, relatou o presidente da entidade, Gilmar Talarico. Atualmente, a casa abriga 30 mulheres e, segundo o mandatário, recebe aproximadamente R$ 94 mil por ano da Prefeitura. “Eu tenho R$ 70 mil em despesas todos os meses. Esse valor só dá para um (mês)”. Além de cuidados médicos de emergência às mulheres em situação de rua encaminhadas pela administração, o lar também acolhe e oferece moradia a idosas. Ao todo, 20 funcionários atuam no local.

Ao dirigente, Auricchio prometeu viabilizar terreno para que o lar construa um prédio próprio, além de estudar a possibilidade de o órgão ser beneficiado com isenções de impostos e de tarifas de consumo de água. “O valor da subvenção será automaticamente revisto, até porque é o mesmo desde que deixei o governo. O Orçamento de 2012 era de R$ 700 milhões e hoje é R$ 1,2 bilhão e não atualizaram as doações. Precisamos de um censo social com as entidades do terceiro setor, até porque o poder público se utiliza muito delas. Precisam de uma valorização real, não simbólica. Vamos analisar quais entidades precisam mais de ajuda e priorizar as mais necessitadas de auxílio”, frisou Auricchio.

Chefe do Executivo entre 2005 e 2012, o tucano afirmou que, durante seus mandatos na Prefeitura, chegou a sugerir a doação de área para instalação da entidade, mas que a oferta foi recusada por conta da existência de outras instituições filantrópicas nas proximidades.

Auricchio voltou a falar da construção do Atende Fácil da Saúde, equipamento que reuniria todas as especialidades médicas, centro de diagnósticos, farmácia 24 horas e um centro de atenção à terceira idade. O tucano afirmou que intensificará as agendas externas nesta última semana de campanha.

Tucano admite erro sobre pesquisa

Ex-prefeito e candidato do PSDB ao Paço de São Caetano, José Auricchio Júnior admitiu erro na impressão de panfletos da sua candidatura em que números de pesquisa Ibope foram usados a seu favor. O tucano frisou que o “erro gráfico” foi comunicado à Justiça Eleitoral. “Teve um erro de impressão que, em vez de 31%, grafaram 33%. Nós fizemos uma errata, comunicamos à Justiça Eleitoral e publicamos um novo material de campanha com os números corretos da pesquisa”, explicou Auricchio.

“O Ibope Inteligência tomou conhecimento de que estão sendo divulgados dados incorretos da pesquisa realizada pela empresa em São Caetano”, informou o instituto, publicando em seu site os números coletados.

Recente sondagem de intenções de voto realizada pelo Ibope mostrou o ex-prefeito numericamente à frente na corrida pelo Palácio da Cerâmica, com 31% das citações. Atual prefeito e candidato à reeleição, Paulo Pinheiro (PMDB) alcançou 24% da preferência do eleitorado.

Considerando a margem de erro de quatro pontos percentuais da pesquisa, os dois estão tecnicamente empatados. O vereador e prefeiturável do PR, Fabio Palacio, aparece em terceiro lugar, com 14%.

Na sondagem do DGABC Pesquisas, publicada pelo Diário no dia 2, Auricchio atingiu a liderança, com 33% e Pinheiro 17,8%. “Em todas as pesquisas nós lideramos, não teria por que aumentarmos os dados propositadamente”, frisou Auricchio. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;