Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Inventor de engenhocas sonoras da região emplaca projeto no Rumos


Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

11/09/2005 | 08:01


Paulo Nenflidio é artista plástico. No entanto, os trabalhos que desenvolve passam longe de tintas, pincéis e outros elementos convencionais utilizados por profissionais da área. Ele mexe com fotocélulas, circuitos elétricos, bobinas eletromagnéticas e daí por diante. Auto-intitulado inventor e construtor de engenhocas sonoras, Nenflidio desenvolve trabalhos que geram sons a partir do vento e da luz, por exemplo. Técnico em Eletrônica, bacharel em Multimídia e Intermídia e dedicado a estudos sobre música, ele usa os conhecimentos que tem das três áreas para elaborar composições artísticas que ganham destaque no cenário nacional das artes.

Nenflidio estudou Eletrônica na Escola Técnica Estadual Lauro Gomes, em São Bernardo, cidade onde nasceu e mantém ateliê na área central. Depois, foi para a ECA-USP (Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo) e se formou pelo Departamento de Artes Plásticas.

No currículo do artista de 29 anos há conquistas admiráveis. Este ano, ele figura entre os selecionados do Rumos Itaú Cultural Artes Visuais (edição 2005/2006) e do Programa Anual de Exposições do Centro Cultural São Paulo. Em 2004, Nenflidio ganhou o Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia e o Prêmio CNI Sesi Marcantonio Vilaça. Ao longo de 2003, viveu em Belo Horizonte (MG), onde desfrutou da Bolsa Pampulha, de caráter nacional, promovida pelo Museu de Arte da Pampulha.

O fato de participar de ações como as citadas já dá uma idéia do talento de Nenflidio. Só para ilustrar: no Rumos Itaú Cultural Artes Visuais foram analisados 1.342 portafólios e selecionados 78; no Prêmio Marcantonio Vilaça foram 927 inscritos e 30 escolhidos. Assim como esses prêmios, as demais distinções que recebeu são também "peneiras", seleções difíceis de passar.

\r\n\r\n

Uma boa dica aos interessados em conhecer mais sobre a produção artística de Nenflidio é o site do artista, o <http://paulonenflidio.vilabol.uol.com.br>.

\r\n\r\n

Questão de forma e som\r\n

\r\n\r\n

Everaldo Fioravante<br>Do Diário do Grande ABC\r\n
 \r\n
Paulo Nenflidio, de São Bernardo, é um artista plástico de algumas obras e muito talento. Dá para contar nos dedos das mãos os trabalhos que ele idealizou e construiu: sete. Como bem se sabe, em arte interessa muito mais ao público a qualidade do que a quantidade. E disso Nenflidio também tem consciência, assim como os júris que conferiram a ele nos últimos anos uma série de importantes premiações.

\r\n\r\n

<P>O que mais chama atenção nas composições artísticas de Nenflidio é a criatividade transbordante. São obras que exploram tanto o caráter plástico quanto a sonoridade, e isso de uma forma bem inusitada. Ele intitula seus trabalhos como engenhocas sonoras.<P>Um bom exemplo é Lugares Sonoros, em exibição no Sesc Pinheiros, em São Paulo. Para explicar a obra, é melhor deixar de lado as questões técnicas que a envolvem e ir direto ao assunto. É um teclado de madeira no qual as dez teclas, ao serem tocadas, acionam martelos por meio de cabos elétricos. Os martelos são colocados em objetos como banco de madeira e cesto de lixo de metal. Ao bater nos objetos, eles geram sons. "É um trabalho para tocar o lugar", diz o artista.",1]);//-->

Um dos trabalhos do artista plástico pode ser visto na mostra Paisagens Plásticas e Sonoras, em cartaz até o dia 2 de outubro no Sesc Pinheiros (tel.: 3095-9400). Nos próximos dias 15 e 22, Nenflidio estará na unidade do Sesc para apresentar sua obra. Dois outros nomes do Grande ABC marcam presença na exposição: Wilson Sukorski e Fernando Sardo.

Uma boa dica aos interessados em conhecer mais sobre a produção artística de Nenflidio é o site do artista, o http://paulonenflidio.vilabol.uol.com.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inventor de engenhocas sonoras da região emplaca projeto no Rumos

Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

11/09/2005 | 08:01


Paulo Nenflidio é artista plástico. No entanto, os trabalhos que desenvolve passam longe de tintas, pincéis e outros elementos convencionais utilizados por profissionais da área. Ele mexe com fotocélulas, circuitos elétricos, bobinas eletromagnéticas e daí por diante. Auto-intitulado inventor e construtor de engenhocas sonoras, Nenflidio desenvolve trabalhos que geram sons a partir do vento e da luz, por exemplo. Técnico em Eletrônica, bacharel em Multimídia e Intermídia e dedicado a estudos sobre música, ele usa os conhecimentos que tem das três áreas para elaborar composições artísticas que ganham destaque no cenário nacional das artes.

Nenflidio estudou Eletrônica na Escola Técnica Estadual Lauro Gomes, em São Bernardo, cidade onde nasceu e mantém ateliê na área central. Depois, foi para a ECA-USP (Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo) e se formou pelo Departamento de Artes Plásticas.

No currículo do artista de 29 anos há conquistas admiráveis. Este ano, ele figura entre os selecionados do Rumos Itaú Cultural Artes Visuais (edição 2005/2006) e do Programa Anual de Exposições do Centro Cultural São Paulo. Em 2004, Nenflidio ganhou o Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia e o Prêmio CNI Sesi Marcantonio Vilaça. Ao longo de 2003, viveu em Belo Horizonte (MG), onde desfrutou da Bolsa Pampulha, de caráter nacional, promovida pelo Museu de Arte da Pampulha.

O fato de participar de ações como as citadas já dá uma idéia do talento de Nenflidio. Só para ilustrar: no Rumos Itaú Cultural Artes Visuais foram analisados 1.342 portafólios e selecionados 78; no Prêmio Marcantonio Vilaça foram 927 inscritos e 30 escolhidos. Assim como esses prêmios, as demais distinções que recebeu são também "peneiras", seleções difíceis de passar.

\r\n\r\n

Uma boa dica aos interessados em conhecer mais sobre a produção artística de Nenflidio é o site do artista, o <http://paulonenflidio.vilabol.uol.com.br>.

\r\n\r\n

Questão de forma e som\r\n

\r\n\r\n

Everaldo Fioravante<br>Do Diário do Grande ABC\r\n
 \r\n
Paulo Nenflidio, de São Bernardo, é um artista plástico de algumas obras e muito talento. Dá para contar nos dedos das mãos os trabalhos que ele idealizou e construiu: sete. Como bem se sabe, em arte interessa muito mais ao público a qualidade do que a quantidade. E disso Nenflidio também tem consciência, assim como os júris que conferiram a ele nos últimos anos uma série de importantes premiações.

\r\n\r\n

<P>O que mais chama atenção nas composições artísticas de Nenflidio é a criatividade transbordante. São obras que exploram tanto o caráter plástico quanto a sonoridade, e isso de uma forma bem inusitada. Ele intitula seus trabalhos como engenhocas sonoras.<P>Um bom exemplo é Lugares Sonoros, em exibição no Sesc Pinheiros, em São Paulo. Para explicar a obra, é melhor deixar de lado as questões técnicas que a envolvem e ir direto ao assunto. É um teclado de madeira no qual as dez teclas, ao serem tocadas, acionam martelos por meio de cabos elétricos. Os martelos são colocados em objetos como banco de madeira e cesto de lixo de metal. Ao bater nos objetos, eles geram sons. "É um trabalho para tocar o lugar", diz o artista.",1]);//-->

Um dos trabalhos do artista plástico pode ser visto na mostra Paisagens Plásticas e Sonoras, em cartaz até o dia 2 de outubro no Sesc Pinheiros (tel.: 3095-9400). Nos próximos dias 15 e 22, Nenflidio estará na unidade do Sesc para apresentar sua obra. Dois outros nomes do Grande ABC marcam presença na exposição: Wilson Sukorski e Fernando Sardo.

Uma boa dica aos interessados em conhecer mais sobre a produção artística de Nenflidio é o site do artista, o http://paulonenflidio.vilabol.uol.com.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;