Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Deputado: MG tem mais pontos de exploração sexual em rodovias


Da Agência Brasil

25/05/2007 | 08:08


Mapa feito pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) mostra que o estado de Minas Gerais apresenta o maior número de postos de exploração sexual infantil nas rodovias. A informação é do presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Luiz Couto (PT-PB), que discutiu o tema nessa quinta-feira, em audiência pública na Câmara Municipal de Uberaba, interior de Minas.

Segundo o deputado, existem atualmente 290 pontos onde a exploração sexual infantil é praticada no estado de Minas Gerais. "Em 2006, o número era de 190 postos. Temos que proteger nossas crianças e condenar quem faz esse tipo de coisa", afirmou.

Luiz Couto disse que algumas entidades que participaram da audiência pública denunciaram novas rotas onde ocorre exploração, e criticou a falta de providências das autoridades no combate a essa prática. "Nós temos que responsabilizar todos aqueles que não tomam atitudes para erradicar a exploração infantil."

De acordo com o deputado, não é só no estado de Minas Gerais que as autoridades não tomam providências. Lembrou que um relatório da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investigou as redes de exploração sexual mostrou que poucos casos foram solucionados.

"Isso significa que a impunidade está crescendo e é a grande arma para quem comete essa atitude criminosa. Nós queremos que os governos estaduais, municipais e federal, entidades de direitos humanos, Ministério Público combatam esse problema." Couto afirmou ainda que todos os temas discutidos na audiência pública de ontem serão incluídos em um relatório, a ser entregue  à PF (Polícia Federal) para investigações.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Deputado: MG tem mais pontos de exploração sexual em rodovias

Da Agência Brasil

25/05/2007 | 08:08


Mapa feito pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) mostra que o estado de Minas Gerais apresenta o maior número de postos de exploração sexual infantil nas rodovias. A informação é do presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Luiz Couto (PT-PB), que discutiu o tema nessa quinta-feira, em audiência pública na Câmara Municipal de Uberaba, interior de Minas.

Segundo o deputado, existem atualmente 290 pontos onde a exploração sexual infantil é praticada no estado de Minas Gerais. "Em 2006, o número era de 190 postos. Temos que proteger nossas crianças e condenar quem faz esse tipo de coisa", afirmou.

Luiz Couto disse que algumas entidades que participaram da audiência pública denunciaram novas rotas onde ocorre exploração, e criticou a falta de providências das autoridades no combate a essa prática. "Nós temos que responsabilizar todos aqueles que não tomam atitudes para erradicar a exploração infantil."

De acordo com o deputado, não é só no estado de Minas Gerais que as autoridades não tomam providências. Lembrou que um relatório da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investigou as redes de exploração sexual mostrou que poucos casos foram solucionados.

"Isso significa que a impunidade está crescendo e é a grande arma para quem comete essa atitude criminosa. Nós queremos que os governos estaduais, municipais e federal, entidades de direitos humanos, Ministério Público combatam esse problema." Couto afirmou ainda que todos os temas discutidos na audiência pública de ontem serão incluídos em um relatório, a ser entregue  à PF (Polícia Federal) para investigações.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;