Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Cresce atendimento por doenças respiratórias

Edmilson Magalhães/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Deh Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/06/2009 | 08:01


Com a queda na temperatura registrada nos últimos dias, a tendência é o aumento na procura por atendimento nos pronto socorros devido a doenças do sistema respiratório. As mais comuns são gripes, pneumonia, resfriados, asma e bronquite.

Crianças e idosos são as pessoas mais suscetíveis ao problema, devido à menor resistência do sistema imunológico. No caso das pessoas de idade mais avançada, além dos problemas respiratórios, com o clima mais frio, muitos são acometidos também de dores em articulações.

Ontem, o Diário constatou ampla procura por atendimento em unidades hospitalares da região, principalmente para crianças. Camila Assis Gutzlaff, 16 anos, buscava atendimento para a filha Camile, 8 meses, no Pronto Atendimento Central de Santo André. "Ela ficou doente há uns três dias. Teve vômito, febre e ficou sonolenta. Ela nunca teve esses problemas", afirmou.

Outras mães também aguardavam por atendimento para crianças na unidade com sintomas de problemas respiratórios. Entre elas, Vaneia Lisboa, 22 anos, que foi até o PA da cidade levar o filho Riquelme, 9 meses. "Ele está com o nariz escorrendo e um pouco de tosse", contou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cresce atendimento por doenças respiratórias

Deh Oliveira
Do Diário do Grande ABC

14/06/2009 | 08:01


Com a queda na temperatura registrada nos últimos dias, a tendência é o aumento na procura por atendimento nos pronto socorros devido a doenças do sistema respiratório. As mais comuns são gripes, pneumonia, resfriados, asma e bronquite.

Crianças e idosos são as pessoas mais suscetíveis ao problema, devido à menor resistência do sistema imunológico. No caso das pessoas de idade mais avançada, além dos problemas respiratórios, com o clima mais frio, muitos são acometidos também de dores em articulações.

Ontem, o Diário constatou ampla procura por atendimento em unidades hospitalares da região, principalmente para crianças. Camila Assis Gutzlaff, 16 anos, buscava atendimento para a filha Camile, 8 meses, no Pronto Atendimento Central de Santo André. "Ela ficou doente há uns três dias. Teve vômito, febre e ficou sonolenta. Ela nunca teve esses problemas", afirmou.

Outras mães também aguardavam por atendimento para crianças na unidade com sintomas de problemas respiratórios. Entre elas, Vaneia Lisboa, 22 anos, que foi até o PA da cidade levar o filho Riquelme, 9 meses. "Ele está com o nariz escorrendo e um pouco de tosse", contou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;